A açao do vento

image

Qual a diferença entre o ar e o vento?

Quando temos a movimentação do ar, temos os ventos. Sua intensidade pode variar de acordo com as condições geográficas e climáticas, podendo trazer sensações de alívio e frescor ou mesmo causar destruições catastróficas. O vento é o ar em movimento.

Como surgem os ventos?

Os ventos surgem de variações nas pressões atmosféricas, nas áreas de alta pressão e de baixa pressão. Eles sopram, em geral, das áreas mais altas para as mais baixas, em uma espécie de equilíbrio.

Qual é a origem do vento?

Origem do vento Os ventos surgem de variações nas pressões atmosféricas, nas áreas de alta pressão e de baixa pressão. Eles sopram, em geral, das áreas mais altas para as mais baixas, em uma espécie de equilíbrio.

Quais são os diferentes tipos de ventos?

De acordo com os movimentos, os ventos podem ser: Ventos de oeste: deslocam-se dos trópicos em direção aos polos do planeta. Ventos polares de leste: são ventos que se deslocam dos polos em direção aos trópicos. Ventos alísios: se direcionam dos trópicos para as regiões próximas à linha do Equador.

image


Qual é a ação do vento?

SIGNIFICADO DE AÇÃO DO VENTO Sobrecarga a que estão sujeita as estruturas, resultante do chocar do vento contra partes diretamente expostas das mesmas ou contra elementos intermediários que transmitem às ditas estruturas o seu efeito.


O que a ação do vento pode provocar?

Ações que o vento provoca Vento a sota-vento: causa sucção no edifício, puxando na direção e sentido do vento. Vento com pressão interna: produz pressão empurrando o prédio na direção e sentido do vento, mas também na direção perpendicular ao vento.


O que é a NBR 6123?

A NBR 6123 é a norma brasileira que define parâmetros de cálculo para o projeto de equipamentos e estrutura que estão sujeitos as forças do vento. Uma das partes mais importantes na fase de projeto de qualquer equipamento é a consideração das cargas.


Qual a velocidade básica do vento?

De acordo com a NBR-6123, a velocidade básica do vento, Vo, é a velocidade de uma rajada de 3 segundos, excedida em média uma vez em 50 anos, a 10 metros acima do terreno, em campo aberto e plano.


Quando o vento pode ser prejudicial?

O vento forte reduz a sensação de calor na pele, o que pode levar ao descuido no tempo correto de reaplicação do protetor solar. A depender do lugar da prática esportiva, esse vento também pode prejudicar a pele e as vias respiratórias com uma quantidade maior de fuligem e outros poluentes do ar.


Quais são os benefícios do vento?

Renova o ar que respiramos e torna possível a prática de certos desportos recreativos e radicais. Além de esculpir, a seu gosto, a natureza! O vento serve, também, para gerar electricidade, através da sua energia cinética (neste caso, energia eólica), que é amiga do ambiente, entre muitas outras benfeitorias.


O que mudou na NBR 6123?

Processo de revisão da NBR 6123 Com a nova versão, teremos a alteração das isopletas de vento, permitindo uma precisão maior de cálculos. Da mesma forma, serão refeitos os coeficientes aerodinâmicos, incluindo as construções modernas.


Qual a diferença entre barlavento e sotavento?

Barlavento: lado do barco que recebe o vento. Sotavento: lado do barco que solta o vento.


Como baixar e instalar visual ventos?

Para realizar o download, basta acessar o site da plataforma do etools da Universidade de Passo Fundo clicando neste link: http://www.etools.upf.br. Após realizar o cadastro na plataforma, clique em “downloads”, localizado na aba à esquerda na tela, e siga os passos comuns de instalação de um software.


O que é vento?

O planeta está cercado de ar, que é a atmosfera. Esse ar torna a vida possível e está sempre se movimentando. Quando temos a movimentação do ar, temos os ventos. Sua intensidade pode variar de acordo com as condições geográficas e climáticas, podendo trazer sensações de alívio e frescor ou mesmo causar destruições catastróficas.


Origem do vento

Os ventos surgem de variações nas pressões atmosféricas, nas áreas de alta pressão e de baixa pressão. Eles sopram, em geral, das áreas mais altas para as mais baixas, em uma espécie de equilíbrio.


Tipos de ventos

A classificação dos tipos de ventos existentes no planeta varia de acordo com a intensidade, direção, temperatura, umidade, além de fatores locais. Vejamos os principais tipos de ventos que ocorrem no mundo.


Movimento dos ventos

A rotação do planeta faz com que, na Linha do Equador, os ventos soprem na horizontal, em linha reta. Entretanto, nos hemisférios Norte e Sul, essa movimentação ocorre de maneira diferente. No Hemisfério Norte, geralmente os ventos são forçados a soprar à direita, ocorrendo o oposto no Hemisfério Sul, isto é, à esquerda.


Importância dos ventos

O movimento do ar é fundamental para o desenvolvimento da vida na Terra. Em geral, os ventos têm a função de levar ar frio para o Equador e ar quente para os polos, um equilíbrio essencial para as temperaturas não ficarem tão extremas nas áreas citadas. Há também a importância da determinação dos diferentes tipos climáticos.


Fenômenos meteorológicos

A formação de fenômenos meteorológicos muito tem a ver com a movimentação das massas de ar e das diferenças na pressão atmosférica. Eventos como o surgimento de ciclones, furacões e tornados ocorrem em razão das diferenças nas pressões atmosféricas, umidade do ar, além das temperaturas em determinadas épocas do ano.

image

Leave a Comment