A bomba que pode acabar com o planeta

image

Full
Answer

Quantas bombas atômicas são necessárias para destruir o mundo?

Acontece que o pessoal exagerou um pouco: para varrer os vestígios do homem seriam necessárias 1,3 milhão de bombas-padrão atuais, com raio de destruição de 15 km2. Mesmo no auge da Guerra Fria, nunca houve mais que 5% do necessário (ver quadro abaixo).

Qual é a bomba atômica mais poderosa no mundo?

Atualmente, os humanos ocupam apenas 12,5% da superfície da terra, que tem um total de 18.617.500 quilômetros quadrados. A bomba atômica mais poderosa no mundo é a B83, que tem o poder de destruição de duzentas bombas iguais à utilizada em Hiroshima. Isso significaria uma destruição de quase 15 quilômetros quadrados.

Qual a bomba mais potente do mundo?

Tsar Bomb foi uma bomba RDS-220, a mais potente arma nuclear já detonada. Desenvolvida pela União Soviética, a bomba de 58 megatons (equivalente a 58 milhões de toneladas de TNT) levava o nome-código de “Ivan”.

Quando foi lançada a primeira bomba nuclear?

Essa bomba, por sinal, era 3 mil vezes mais poderosa que a lançada sobre Hiroshima em agosto de 1945, a primeira vez que uma arma nuclear foi usada em situação de conflito.

image


Qual é a bomba que pode destruir o mundo inteiro?

Estima-se que até hoje nenhuma explosão em testes tenha superado a potência da “Bomba-Czar”, da União Soviética, que foi lançada em 1961 com poder equivalente ao de 50 milhões de toneladas de dinamite (50 megatons). Essa bomba era mais de 3.000 vezes mais poderosa que a lançada sobre Hiroshima pelos EUA.


O que acontece com o mundo se tiver uma guerra nuclear?

Sem plantações, o Hemisfério Norte passaria por uma hecatombe. Fome e morte massivas, extinguindo cidades, países, culturas. No Brasil, o cenário seria mais animador.


Quantos megatons é necessário para destruir o planeta Terra?

Quantos megatons seriam necessários para destruir a Terra? Pois é, seria necessaria uma explosão nuclear com mais de 3 Megatons (Mt). Embora esteja longe de ser o maior poder de fogo que a humanidade já construiu em termos de bombas atômicas, isso já seria capaz de fazer um estrago significativo aqui na Terra.


O que aconteceria com o Brasil no caso de uma guerra nuclear?

No caso de um ataque com bombas nucleares, Sarah Lima diz que um efeito imediato no Brasil seria “o aumento da inflação e dos preços de diversos produtos, assim como a possibilidade de escassez de determinados produtos importados. Além disso, definitivamente não haveria qualquer espaço para “neutralidade””, afirma.


E possível sobreviver a uma guerra nuclear?

Sobreviver à guerra nuclear é possível? Temos apenas hipóteses — sim, segundo algumas delas, não, segundo outras. Tenha em mente que o armamento termonuclear contemporâneo é centenas ou, no caso das armas maiores, milhares de vezes mais potente do que as bombas detonadas em Hiroshima e Nagasaki em 1945.


Como ficaria o Brasil numa guerra nuclear?

Haveria algumas centenas de milhares de mortos e os sobreviventes ficariam entre os escombros dos edifícios desabados, as ruas obstruídas, impedindo a passagem das ambulâncias e bombeiros que porventura viessem de pontos mais distantes não atingidos.


Qual a probabilidade de uma guerra nuclear?

Segundo os analistas da BCA, há 10% de chances de guerra nuclear e apocalipse nos próximos 12 meses.


O que acontece se jogar uma bomba nuclear no Sol?

Estudo mostra que o envio de uma bomba nuclear suficientemente forte para o interior do Sol pode dar início a uma reação em cadeia capaz de varrer o Sistema Solar.


Qual foi a maior explosão nuclear do mundo?

Tsar BombA Tsar Bomb, ou bomba RDS-220, de fabricação soviética, foi a bomba termonuclear mais potente já construída, tendo sido detonada em 1961.


Tem risco da 3 Guerra Mundial?

O ministro das Relações Exteriores da Rússia, Sergey Lavrov, disse nesta 2ª (25. abr. 2022) que o Kremlin se compromete a continuar as conversas de paz com a Ucrânia, mas alertou para o perigo “real” de uma 3ª Guerra Mundial que “não pode ser subestimado”.


Quem vai participar da 3 Guerra Mundial?

Assim, na prática, segundo essa interpretação, as maiores potências econômicas mundiais e bélicas (Rússia, Estados Unidos e Europa Ocidental) já estariam em confronto direto, e já viveríamos o princípio da Terceira Guerra Mundial.


É possível ter uma terceira guerra mundial?

“Não teremos uma Terceira Guerra Mundial. Mas corremos o risco de ter um conflito maior, embora ele não se torne algo mundial”, segue.


Quantos megatons são necessários para destruir a lua?

Obliteração lunar Pois, nesse caso, seria necessário muito empenho e uma quantidade absurda de explosivos para conseguir essa proeza — cerca de 30 trilhões de megatons de TNT ou algo que fosse 600 bilhões de vezes mais potente do que a Tsar Bomba, a bomba nuclear mais poderosa já criada pelo homem.


Quantos megatons tem o sol?

O Sol é movido a hidrogênio, que se funde no calor do seu núcleo numa reação parecida com um reator atômico. Ele transforma hidrogênio em hélio. “A estrela produz 40 trilhões de megatons de energia por segundo”, diz o astrônomo Augusto Damineli, do Instituto Astronômico e Geofísico da Universidade de São Paulo.


Quantos megatons teve a bomba de Hiroshima e Nagasaki?

As bombas lançadas em Hiroshima e Nagasaki são muito inferiores com as que existem hoje. Com o surgimento das bombas de hidrogênio, a potência dos artefatos foi multiplicada muitas vezes, chegando próximo dos 50 megatons (50 milhões de toneladas de dinamite).


O que vale um megaton?

Para medir a capacidade de uma bomba dessas, usam-se os termos quiloton e megaton _um quiloton equivale a mil toneladas de TNT; um megaton equivale a 1 milhão de toneladas.


Discrição na fabricação

Há alguns vírus que são considerados mutantes, porque podem modificar seu código genético por várias vezes (geralmente compostos por RNA). Isso os torna imunes a boa parte dos medicamentos que existem, sendo necessário desenvolver novas maneiras de combatê-los.


Pandemia X Epidemia

Uma epidemia é caracterizada pela proliferação de uma doença em um curto espaço de tempo. Quando ela fica reservada a determinados locais geográficos, é considerada pela Organização Mundial da Saúde como uma doença endêmica – como é o caso da malária, que atinge alguns países da África.


Poder de fogo X Poder de infecção

É preciso entender que as duas ameaças apresentam diferentes tipos de força letal contra a humanidade (e contra tudo mais que tiver de vida no planeta). Bombas atômicas causam mortes e outros danos físicos instantaneamente, devido à reação explosiva de alto impacto que as ogivas proporcionam.


Mas qual pode matar mais gente?

Essa pergunta tem duas respostas, e a primeira delas é referente a situações imediatas. Bombas atômicas podem devastar cidades inteiras de uma só vez, causando mortes, destruição e até mesmo contaminação por radiação.

image

Leave a Comment