Com diarreia pode comer açai

Medication

A casca da maçã possui propriedades que dificultam a melhora do quadro diarreico, como as fibras insolúveis, por isso, recomenda-se o consumo sem a casca. 5. Melancia Nessa missão, a melancia é uma boa aliada por ser rica em água e contribuir para a hidratação do organismo, uma vez que a diarreia causa desidratação.

Therapy

A diarreia é uma alteração relativamente comum que acontece quando o revestimento do intestino não consegue absorver ou eliminar líquidos de forma normal, o que pode ser causado por estresse, ansiedade, intoxicação alimentar, má absorção dos alimentos, doenças inflamatórias intestinais ou até mesmo por uso de alguns medicamentos.

Self-care

Evitar alimentos integrais (pães, biscoitos, arroz, bolos, frutas laxantes e vegetais crus) pois são ricos em fibra e vão contribuir para a diarreia; Caldos, molhos e extratos de carnes vermelhas (são ricos em purinas);

Nutrition

No entanto, se a diarreia não melhorar após 2 ou 3 dias, se surgirem sintomas de desidratação, como confusão mental ou palpitação, ou se se pertencer a um grupo de risco como crianças ou idosos, deve-se procurar ajuda médica para iniciar o tratamento mais adequado, que pode ser feito com soro ou uso de antibióticos.

Que comer quando se está com diarreia?

O que é diarreia e por que ela é tão comum?

Quais alimentos podem causar diarreia?

Por que a diarreia não melhora após 2 dias?


Quais alimentos evitar em caso de diarreia?

Como aponta uma publicação em Foundation for Functional Gastrointestinal Disorders (IFFGD), muitos casos de diarreia podem ser controlados em grande medida com alguns ajustes na dieta e no estilo de vida. Embora seja importante prestar atenção a esse sintoma, muitos casos não representam um problema grave.


Consultar o médico é importante

Ajustes na dieta podem ser suficientes para melhorar a diarreia em um curto espaço de tempo. No entanto, se o sintoma for grave ou persistente, é melhor consultar o seu médico. Após fazer os respectivos exames, o profissional vai determinar se outros tratamentos são necessários.


Bebidas para combater a diarreia

Durante o tratamento para diarreia, é fundamental beber água, sucos de frutas, chás e água de coco na mesma proporção que a água perdida nas fezes. Assim, você evita a desidratação.


O que ingerir quando se está com diarreia

Os alimentos mais recomendados para combater a diarreia são banana e frutas cozinhas ou assadas, como maçã ou pera, purê de legumes cozidos, arroz, macarrão e frango cozidos, mingau de arroz ou amido de milho e pão francês.


O que não comer quando estiver com diarreia

Alimentos com muitas fibras como cereais, vegetais de folhas verdes escuras e frutas com casca devem ser evitados. Não se deve consumir também frituras, leite e derivados, chocolate, bolos, biscoitos e embutidos, bem como feijão, ervilhas, repolho ou brócolis.


Remédio caseiro para diarreia

O xarope de maçã é uma ótima forma de combater a diarreia e pode ser feito em casa, utilizando maçã e cenoura ralada. Para prepará-lo, basta reunir 1/2 cenoura ralada, 1/2 maçã raspada e 1/4 xícara de mel. Numa panela, leve todos os ingredientes para ferver em banho-maria por aproximadamente 30 minutos.


Tipos de diarreia

A diarreia pode ser tanto aguda quanto crônica. A primeira situação acontece quando os sintomas duram poucos dias e é causada geralmente por vírus, bactéria ou outro parasita. Já a diarreia crônica persiste por cerca de três a quatro semanas e pode indicar condições mais graves, como colites ulcerosas ou doença de Crohn.


Tratamento para diarreia

O tratamento para diarreia é geralmente feito em casa, com a ingestão de líquidos e uma dieta específica, porém um médico também pode prescrever medicamentos para recuperar a flora intestinal e conter a diarreia.


Informações gerais sobre a diarreia

A diarreia é caracterizada por um movimento intestinal que é mais líquido e geralmente não dura mais do que 3 dias. Ela é inconveniente, desagradável e pode ser provocada pela alimentação, medicamentos e até pelo estresse.


Principais causas

As bactérias fazem parte da nossa vida e geralmente convivemos em harmonia. No entanto, elas podem contaminar alguns alimentos e afetar o nosso sistema digestivo, especialmente os refrigerados inadequadamente ou impróprios para consumo.


10 melhores alimentos para diarreia

Os melhores alimentos para diarreia são aqueles mais leves, simples e que são fáceis de digerir. Eles geralmente ajudam a absorver um pouco de água das fezes e não irritam ainda mais os intestinos.


Principais alimentos para evitar

Assim como há alguns alimentos para diarreia que são adequados para ajudar na recuperação, outros são impróprios e podem irritar o sistema digestivo e piorar a diarreia. Procure evitar:


Quando procurar um médico

A maioria dos casos de diarreia dura apenas alguns dias, e eles geralmente respondem muito bem a uma alimentação focada, aumento da ingestão de líquidos e até aos medicamentos de venda livre para ajudar a reduzir os sintomas rapidamente.


Considerações finais

A diarreia é uma condição desconfortável que se não for gerenciada pode causar impactos maiores para a saúde. Inclua os melhores alimentos para diarreia no seu cardápio e evite os excessos de gorduras, molhos, açúcar e lacticínios para aliviar os sintomas em um curto espaço de tempo.


1. Intoxicação alimentar

A intoxicação alimentar é uma das causas mais frequentes de diarreia e acontece após o consumo de alimentos ou água contaminados por vírus ou bactérias, gerando uma situação de diarreia infecciosa aguda, que pode conter sangue ou muco, além de ser acompanhada de outros sintomas como febre, cólica intestinal, náuseas ou vômitos.


2. Consumo de alimentos que irritam o intestino

Alguns alimentos, como frutas muito ácidas, frituras, queijo, sorvete, cebola, alho ou alimentos que contém cafeína como café, chocolate ou chá verde, por exemplo, podem causar irritação no intestino, principalmente quando consumidos em excesso, ou quando a pessoa tem algum problema intestinal, causando diarreia, cólica ou excesso de gases.


3. Ingestão de alimentos laxantes

Alguns tipos de alimentos, especialmente as verduras, as frutas e as sementes, são muitos ricos em fibras e, por isso, possuem propriedades laxantes que estimulam o funcionamento do intestino, fazendo com que as fezes fiquem mais moles. Confira uma lista mais completa dos principais alimentos laxante s.


4. Estresse e ansiedade

O estresse e a ansiedade são situações que provocam ativação de sinalizadores químicos no cérebro e a liberação de hormônios, como adrenalina e cortisol, que levam a pessoa a um estado de alerta constante, alterações na digestão dos alimentos e aumento das contrações dos músculos do intestino.


5. Vermes intestinais

Os vermes intestinais, como ascaris, tênia ou oxiúros, por exemplo, são parasitas que se alojam no intestino causando alteração na digestão e absorção dos alimentos. Isso pode provocar sintomas gastrointestinais como diarreia constante, dor abdominal, sangue nas fezes, náusea, perda do apetite ou náusea.


6. Intolerância alimentar

A intolerância alimentar é uma dificuldade de digestão de certos alimentos como leite, pão, macarrão, ou aditivos alimentares, como corantes ou conservantes, por exemplo, causando uma crise de diarreia que pode iniciar algumas horas após a ingestão do alimento e que pode ser acompanhada de formação excessiva de gases intestinais, náuseas ou cólicas abdominais..


7. Doenças inflamatórias intestinais

Algumas doenças intestinais como colite ulcerativa, doença de Crohn ou doença celíaca podem provocar uma inflamação no intestino, originando diarreia crônica que pode durar mais de 4 semanas e que, geralmente, é acompanhada de sintomas como febre, dor abdominal ou fezes com sangue ou muco.

Leave a Comment