Como acabar com a obesidade infantil

image

Cómo actuar contra la obesidad infantil:

  • Tomar un desayuno sano y equilibrado. …
  • Controlar las cantidades de azúcar ingeridas. …
  • Hacer una hora de ejercicio diario y beber mucha agua. …
  • Pasar menos tiempo delante de una pantalla. …
  • Enseñar a los niños la cultura nutricional. …

Full
Answer

Como Prevenir a obesidade infantil?

Manter consistente a rotina do sono, dormindo por tempo suficiente, pode prevenir a obesidade infantil, já que o sono garante o desenvolvimento e funcionamento fisiológico adequado.

Quais são os riscos da obesidade infantil?

Além disso, como a criança está em fase de crescimento, a obesidade infantil pode ser um impacto negativo no desenvolvimento dos ossos, músculos e articulações, prejudicando a formação do esqueleto. Entre os riscos da obesidade infantil, de curto e longo prazo, podemos citar: Obesidade mórbida, quando adultos.

Quais são as diretrizes para tratamento da obesidade infantil?

Assim, as diretrizes para tratamento da obesidade infantil da OMS incluem aconselhamento, dieta, análise dos hábitos alimentares (da criança e da família), além do acompanhamento das medições de peso e altura. O diagnóstico e tratamento devem ser realizados por médicos especializados.

Qual a importância da alimentação para a obesidade infantil?

A falta de tempo ou paciência muitas vezes faz parte do problema dos mais jovens, e por isso é que a obesidade infantil aumentou de forma visível nos últimos tempos. Junto com uma boa alimentação, será importante que nossos filhos pratiquem algum esporte não só para a saúde como também para a sociabilidade

image


O que pode ser feito para acabar com a obesidade infantil?

Deve-se estimular o consumo de frutas, verduras e legumes diariamente, além de aumentar a ingestão de água, evitando os sucos. Também deve-se evitar o consumo de frituras e açúcar, não fazendo a substituição por adoçantes artificiais.


Como tratar a obesidade com crianças?

Como tratar o sobrepeso O tratamento do sobrepeso ou da obesidade infantil deve ser feito de forma gradativa e sob orientação do pediatra e de um nutricionista, podendo ser necessário, em alguns casos, o acompanhamento psicológico também.


1. Controle o ganho de peso já na gestação

Se você quer saber como combater a obesidade infantil, precisa ficar de olho durante a gestação, muito antes da criança vir ao mundo. Nesse caso, o foco deve ser em prevenir a diabetes gestacional, que pode fazer a criança engordar bastante durante a gravidez.


2. Invista em uma educação alimentar de qualidade

Uma vez que seu filho ou filha tenha nascido bem, dentro do peso esperado, é hora de investir em uma educação alimentar de qualidade e super balanceada. E esse também é um dos segredos de como combater a obesidade infantil.


3. Estimule as atividades físicas e divertidas

As atividades físicas também são altamente recomendadas para quem busca como combater a obesidade infantil. Nesse ponto, matricular a criança em artes marciais, futebol, vôlei, basquete, atletismo ou natação, por exemplo, ajudam no controle do peso.


4. Seja o primeiro exemplo da criança

Por mais que seja importante incentivar a criança a controlar o peso, o primeiro exemplo dentro de casa precisam ser os pais. O ato de como combater a obesidade infantil passa pela imagem que mostramos aos nossos filhos e filhas.


5. Fique de olho nas recompensas

As recompensas podem existir, mas precisam ser cuidadosamente usadas em pontos estratégicos. Comemorar um momento especial com um jantar em família no fast food é possível, desde que isso não seja regra.


6. Controle, mas evite a proibição total

Ainda nesse processo de como combater a obesidade infantil, é preciso que os pais sejam vigilantes dos pequenos, mas evitem a total proibição de alimentos pouco saudáveis. De vez em quando pode ser permitido um doce, mas é preciso ter consciência do consumo.


7. Preste atenção nos distúrbios alimentares

Por falar em distúrbios alimentares, eles são bem perigosos quando não acompanhados de perto. A ansiedade, por exemplo, pode levar à necessidade de consumir doses elevadas de açúcar para “espantar” o sentimento negativo.


1. O exercício físico não pode faltar

Entre todos os seus benefícios, o exercício físico tem a vantagem de queimar calorias e gorduras no corpo. Além disso, previne doenças cardiovasculares – também associadas à obesidade – e diminui o risco de sofrer de diabetes.


2. Ter uma alimentação saudável

É essencial ensinar desde cedo a importância de comer bem. É talvez o melhor ensino que os adultos podem transmitir às crianças para cuidar da sua saúde.


3. Evitar dietas

Embora pareça contraditório, dietas rigorosas não são aconselháveis ​​em crianças. A questão principal é que a criança se sentirá pressionada e preocupada com sua saúde.


5. Dar o exemplo

As crianças olham para seus pais como modelos. Portanto, eles não farão o que seus pais não fazem. E, além disso, ainda copiam as atitudes daqueles que servem de exemplo


Pequenas mudanças no dia a dia, como substituição de ingredientes e exemplo dos pais, podem ter um grande efeito na saúde das crianças e adolescentes

Má alimentação e falta de exercícios físicos estão entre as principais causas de uma epidemia mundial de obesidade infantil, como alertam especialistas. O Brasil apresenta um dado alarmante: o número de crianças e adolescentes de até 17 anos com sobrepeso aumentou dez vezes nas últimas quatro décadas.


O exemplo dos pais

A médica lembra que a obesidade é uma doença crônica e de causa multifatorial, envolvendo questões genéticas (metabólicas e hormonais) e ambientais, como estilo de vida, comportamento e nível socioeconômico.


Sedentarismo

A má alimentação contribui para este quadro, mas existem outros fatores que levam ao aumento da obesidade infantil. Na era da internet, é cada vez mais comum ver crianças e adolescentes agarradas a todo tipo de eletrônico em vez de estar se exercitando na rua, brincando. A falta de atividades físicas faz com que as calorias se acumulem no corpo.

image

Leave a Comment