Como colocar tres pessoas no polo passivo da açao


Quem pode figurar no polo passivo?

Polo passivo é o réu ou requerido, aquele contra o qual se abre um processo. Uma ação judicial constitui-se de três elementos identificadores: as partes, o pedido e a causa de pedir. O autor e réu são as partes processuais e formam, respectivamente, os polos ativo e passivo da ação.


Como chamar um terceiro ao processo?

O chamamento ao processo se dá na lide onde se têm coobrigados, sendo ele facultativo, pois só se chama terceiro ao processo para responder juntamente com o réu, se o réu assim desejar.


Até quando posso incluir no polo passivo?

Art. 264 – Feita a citação, é defeso ao autor modificar o pedido ou a causa de Pedir, sem o consentimento do réu, mantendo-se as mesmas partes, salvo as substituições permitidas por lei. Sendo assim, é plenamente possível a inclusão de outros réus no polo passivo, até mesmo por uma questão de economia processual.


O que é inclusão no polo passivo da ação?

Correta a inclusão de empresa no polo passivo da execução quando reconhecida a existência de grupo econômico entre esta e a devedora principal, fato que sequer foi impugnado pela terceira embargada nas razões de embargos de terceiro.


Como entrar em um processo como terceiro interessado?

2.2 Intervenção de Terceiros Quanto a atuação do terceiro este pode ingressar ao processo apenas para auxiliar uma das partes (autor ou réu), como no caso da assistência, ou para confrontar ambas as partes e defender direito próprio, como ocorre nos embargos de terceiro.


Como chamar outra parte ao processo?

O réu deve requerer, no prazo para contestar, a citação do (s) chamado (s), que irão figurar como litisconsortes passivos na demanda (art. 131). Se o juiz deferir o pedido, a citação deve ser promovida no prazo de 30 (trinta) dias, sob pena de se tornar sem efeito o chamamento.


É possível alterar o polo passivo?

ALTERAÇÃO DO POLO PASSIVO. IMPOSSIBILIDADE. Em respeito ao princípio da estabilização subjetiva do processo, prestigiado nos artigos 41 e 264 do CPC , após a citação válida, somente é possível alterar a composição do polo passivo da relação jurídica processual mediante o consentimento do réu.


Até quando é possível emendar a inicial?

Esse procedimento pode acontecer livremente até o momento da citação do réu. No entanto, caso o autor decida por fazer esse ato após essa etapa, ele tem a possibilidade de fazer o aditamento até a fase de saneamento do processo. Nesse caso, é necessário haver a concordância do réu nesse sentido.


Pode a mesma pessoa figurar no polo ativo e no polo passivo?

É impossível figurar no pólo ativo e passivo da demanda, ao mesmo tempo, devendo o processo ser anulado, desde a origem.


Quando há litisconsórcio passivo necessário?

Art. 47. Há litisconsórcio necessário, quando, por disposição de lei ou pela natureza da relação jurídica, o juiz tiver de decidir a lide de modo uniforme para todas as partes; caso em que a eficácia da sentença dependerá da citação de todos os litisconsortes no processo.


O que é a ilegitimidade passiva?

Ilegitimidade passiva: quando a pessoa processada não foi quem deu prejuízo ou não é quem está desrespeitando o direito do autor da ação, é entendido que ela tem ilegitimidade passiva. Tendo a pessoa processada ilegitimidade passiva, ela não pode ser processada por aquele motivo.


Como alterar o polo passivo no PJe?

Após acessar o sistema PJe, o Advogado poderá alterar seus próprios dados por meio do menu Configuração > Pessoa > Advogado > Alteração de dados cadastrais.


Como Se constitui Uma ação?

Image
Antes de entrar no tema, é importante entender como se constitui uma ação, como identificá-la e o que são as partes.

See more on aurum.com.br


Tipos de Polo Passivo

  • Cada ação será composta por diferentes sujeitos ativo e passivo, de acordo com critérios de legitimidade e interesse determinados pela lei. Assim, exemplificando, ainda que uma pessoa tenha se sentido triste ou abalada com a infidelidade de um casal famoso, não tem legitimidade para ingressar com uma ação de divórcioou danos morais. Por isso, vamos dar exemplos de qu…

See more on aurum.com.br


Conclusão

  • Existem diversos tipos de ação judicial, cada uma visando diferentes direitos e deveres, sendo extremamente importante a compressão dos elementos essenciais para que a demanda seja exitosa. Neste sentido, as partes processuais são, sem dúvidas, um dos principais elementos, sendo necessário o entendimento completo quanto ao polo passivo de cada tipo de ação visan…

See more on aurum.com.br


Mais Conhecimento para Você

  • Se você gostou do texto e deseja seguir a leitura em temas de Direito e advocacia, indico que navegue em outros conteúdos do Portal da Aurum. Você pode começar pelos indicados abaixo: 1. Entenda o que é e como ocorre o erro material no Novo CPC 2. Usucapião extrajudicial no Novo CPC: entenda como funciona 3. Lei Pelé: principais artigos, aspectos e implicações jurídicas 4. …

See more on aurum.com.br

Leave a Comment