Como conseguir apoio para açao social

image

Consulte toda a informação sobre como pedir o apoio social de estruturas residenciais para pessoas idosas. Acolhimento familiar Existem famílias capazes de integrar pessoas idosas, temporária ou permanentemente, de modo a proporcionar-lhes um ambiente estável e seguro.

Full
Answer

Como fazer um pedido de apoio de habitação social?

São cada vez mais os portugueses que utilizam a internet para os seus pedidos de habitação social. Trata-se de uma maneira menos burocrática, uma vez que o pedido pode ser feito em qualquer lugar e em qualquer hora, desde que tenhas bom acesso à internet.

Como funciona o atendimento social?

O atendimento social é uma forma de ajudar as pessoas ou as famílias em situação de carência (pobreza) ou vulnerabilidade a resolver os seus problemas. Passa normalmente por:  Um plano de inserção social– com ações concretas que a pessoa se compromete a

Quanto Custa o apoio da Segurança Social?

O requerimento deverá ser feito através da Segurança Social Direta, variando o apoio entre 50 euros e 501,16 euros, na generalidade dos casos. Agora foram também disponibilizados casos práticos que ajudam a explicar que prestação se aplica em cada uma das situações.

Como fazer um plano de inserção social?

Plano de inserção social A pessoa ou família, em conjunto com o técnico de serviço social, faz um plano com ações concretas que a pessoa se compromete a realizar com a ajuda do técnico. Estas ações podem passar por inscrever-se no Centro de Emprego, encontrar uma creche para os filhos, fazer formação, etc.

image


Complemento solidário para idosos

Os idosos de baixos recursos que já tenham feito 66 anos e 5 meses de residência em Portugal, de baixos recursos, podem pedir o complemento solidário para idosos (CSI), um apoio pago mensalmente em dinheiro.


Serviço de apoio domiciliário

A Segurança Social tem disponível um serviço que presta cuidados a famílias ou pessoas que se encontrem no seu domicílio, em situação de dependência física e ou psíquica e que não possam assegurar, temporária ou permanentemente, a satisfação das suas necessidades básicas e/ou a realização das atividades instrumentais da vida diária, nem disponham de apoio familiar para o efeito..


Estruturas residenciais

Existem alojamentos coletivos para idosos, de utilização temporária ou permanente, designados como estruturas residenciais (ou lares de idosos).


Centro de convívio

Os centros de convívio proporcionam atividades sociais, recreativas e culturais a pessoas idosas residentes numa determinada comunidade, incentivando à sua participação ativa nas dinâmicas organizadas por técnicos especializados.


Centro de noite

Os centros de noite funcionam em equipamentos de acolhimento noturno dirigido a pessoas idosas com autonomia que permaneçam no seu domicílio durante o dia e que, por vivenciarem situações de solidão, isolamento e insegurança, necessitam de acompanhamento durante a noite.


Centro de férias e lazer

O centro de férias destina-se à satisfação de necessidades de lazer e de quebra da rotina, essencial ao equilíbrio físico, psicológico e social das pessoas idosas.


Apoio social a emigrantes idosos carenciados

Os portugueses idosos que residam no estangeiro e se encontrem em situação de grande vulnerabilidade ou carência, devido à falta de respostas adequadas por parte das autoridades dos países de residência, podem ter direito a apoio social, individual ou familiar.


Os trabalhadores em situação de desproteção económica podem pedir à Segurança Social o novo apoio ao rendimento até 14 de fevereiro

Os trabalhadores em situação de desproteção económica podem pedir, a partir desta segunda-feira e até ao dia 14 de fevereiro, o novo apoio ao rendimento. O requerimento deverá ser feito através da Segurança Social Direta, variando o apoio entre 50 euros e 501,16 euros, na generalidade dos casos.


Simulador. Calcule quanto pode receber com o novo apoio

Trabalhadores a recibos verdes, sócios-gerentes e trabalhadores do serviço doméstico podem candidatar-se a partir desta segunda-feira ao novo apoio extraordinário. Simule aqui a sua prestação.


Direitos desconhecidos?

Antes de pensar que isto não é nada consigo, devemos todos lembrar-nos que não sabemos o dia de amanhã. E esta informação – que para mim foi uma novidade – imagino que possa ser útil a dezenas de milhares de portugueses. Ainda por cima os portugueses que mais precisam.


Não é só para quem ganha pouco

Esta para mim foi a parte mais surpreendente. Até há menos de um ano nunca me preocupei (felizmente) a procurar informação a nível pessoal sobre apoios a pessoas com incapacidade. Mas um familiar meu está nessa situação e ando mesmo à procura deste tipo de apoios. E descobri coisas importantíssimas.


Estão a dar informações erradas?

O problema que identifiquei é que as pessoas (e alguns funcionários da Segurança Social também e até Assistentes Sociais) confundem os apoios financeiros da Segurança Social que são só para quem ganha menos do que certos valores (na maior parte dos casos o salário mínimo) com este de que vou falar, que é PARA TODOS, quer ganhe 500, quer ganhe 5.000 €.


Acompanhe-nos AQUI

NOVO LIVRO “CONTAS-POUPANÇA” 34 dicas para poupar muito mais e fazer crescer o seu dinheiro em 2018. É um livro que se paga a ele próprio apenas com uma dica. Tem também o livro de 2016 ( dicas com terapia de choque para as suas finanças).


Quem pode solicitar

Podem solicitar recursos para a execução de projetos estados, municípios, consórcios públicos, universidades, institutos federais e empresas públicas.


Como solicitar apoio

O proponente, devidamente habilitado nos termos da legislação vigente, poderá solicitar recursos, exclusivamente, da seguinte forma:
Articulação e pleito junto aos representantes parlamentares, para os recursos provenientes de emendas Parlamentares consignadas no Orçamento Geral da União (individuais, de bancada etc.), com envio de proposta por intermédio da Plataforma + Brasil; ou
Articulação e pleito junto à Sudeco, para os recursos originários de plano de ação da Sudeco, com envio de proposta através de ofício para a Sudeco e, após seleção (Resolução Sudeco nº 12, de 04 de abril de 2019), envio de proposta por intermédio da Plataforma + Brasil..


Critérios para análise das propostas

No processo de seleção da proposta, serão consideradas as disponibilidades orçamentária e financeira, a convergência das propostas aos objetivos e às orientações aqui contidas, bem como os calendários e critérios de priorização definidos em ato normativo específico.


Critérios para seleção da proposta

As propostas serão analisadas quanto ao atendimento e à adequabilidade aos critérios acima expostos e à existência de dotação orçamentária. No caso de indisponibilidade orçamentária, atendendo aos demais critérios as propostas integrarão o banco de projetos da Sudeco.


Programa Porta 65 Jovem

Sistema de apoio financeiro ao arrendamento por jovens com idade igual ou superior a 18 anos e inferior a 30 anos (no caso de casais, um dos elementos pode ter até 32 anos) que reunam as condições apresentadas em http://juventude.gov.pt/Habitacao/Porta65/Paginas/Porta_65_Arrendamento_jovem.aspx


Subsídio de Renda de Casa da Segurança Social

O subsídio de renda de casa é um apoio mensal pago em dinheiro para proteger os inquilinos economicamente desfavorecidos, sobretudo face ao Novo Regime de Arrendamento Urbano.


Mercado Social de Arrendamento

O Mercado Social de Arrendamento, inserido no Programa de Emergência Social, dirige-se a classes sociais que, apresentando rendimentos superiores aos que permitem a atribuição de uma habitação social, não apresentam, contudo, capacidade financeira para arrendarem um imóvel em mercado livre.


Lisboa – Subsídio Municipal Arrendamento

O Subsídio Municipal ao Arrendamento (SMA) de Lisboa é um Programa Municipal de Apoio ao Arrendamento que visa abranger os agregados familiares que se encontrem em situação de carência habitacional efetiva ou iminente, face à incapacidade económica de suportar a totalidade da renda devida no âmbito de um contrato de arrendamento ou de um empréstimo bancário à habitação.


Porto Solidário – Fundo Municipal de Emergência Social

A Câmara Municipal do Porto criou o programa Porto Solidário – Fundo Municipal de Emergência Social, em que o eixo Apoio à Habitação se destina a apoiar apoiar pessoas e famílias com graves dificuldades financeiras, em situação de pobreza, devido à crise prolongada que se vive no País e que acentuou problemas como o desemprego e a perda de prestações sociais..


Arrendamento – Deduções no IRS

Quem escolhe arrendar casa tem a possibilidade de deduzir as rendas na declaração de IRS: Poder-se-á deduzir 15% dos encargos com a renda da casa no IRS, até um limite máximo de 502 euros. O inquilino não tem encargos com o Imposto Municipal sobre Imóveis.


Quais são os passos a seguir para pedir a habitação social? Como funciona em Portugal? Sabe tudo neste artigo

A habitação social é um dos temas na ordem do dia. Os salários não conseguem acompanhar o ritmo de evolução dos preços das casas, que teimam em subir trimestre após trimestre. E este cenário torna a habitação inacessível para muitas famílias. A habitação social é, de resto, uma alternativa – talvez a única para muitos.


Como funciona o portal da habitação social?

São cada vez mais os portugueses que utilizam a internet para os seus pedidos de habitação social. Trata-se de uma maneira menos burocrática, uma vez que o pedido pode ser feito em qualquer lugar e em qualquer hora, desde que tenhas bom acesso à internet.


Habitação social em Portugal: este guia responde a todas as questões

Comprar ou arrendar casa não é uma tarefa fácil em Portugal. Muitas são as famílias com carências económicas, que dificilmente conseguem encontrar casas que consigam pagar.


Câmara do Montijo abre concurso para casas de habitação social

A Câmara Municipal do Montijo vai abrir um concurso, por classificação, para a atribuição de nove fogos de habitação social em regime de arrendamento apoiado. O período de candidaturas vai decorrer entre 24 de maio de 22 de junho.


Trudo Tower: a primeira floresta vertical de habitação social do mundo

Sete anos após a inauguração do famoso Bosco Verticale em Milão (Itália), Stefano Boeri Architetti apresenta a primeira Floresta Vertical de habitação social a preços controlados do mundo. Construída na Holanda, na cidade de Eindhoven, é chamada de Floresta Vertical de Trudo.


Viana do Castelo candidata a construção de 686 fogos de habitação social ao 1.º Direito

A Câmara de Viana do Castelo vai candidatar ao Programa 1.º Direito a construção de 686 fogos de habitação social até 2026, por 27 milhões de euros, para resolver as carências de 2.500 pessoas do concelho.


Parlamento Europeu pressiona países a investir em habitação social, pública e a preços acessíveis

O Parlamento Europeu considera que a falta de uma habitação adequada representa um grave desafio para muitos cidadãos da União Europeia (UE) e que, apesar do crescimento do parque habitacional, a escassez de habitações continua a ser um problema.

image

Leave a Comment