Como levar o açai pra viagem internacional

image

O se deve levar e não levar em sua mala de viagem internacional Evite tudo aquilo que possa representar alguma ameaça física ou química dentro do avião, como objetos pontiagudos, com lâmina, que contenham componentes químicos potencialmente tóxicos ou inflamáveis. Aerossóis, por exemplo, devem ser levados apenas na mala para despachar.

Full
Answer

Como escolher a mala ideal para voos intercontinentais?

Em geral, para voos intercontinentais na classe econômica é permitido despachar uma mala de 23 kg, além da bagagem de mão. Neste caso, sugerimos que você tenha uma mala de tamanho médio, que comporta muito bem este peso. Estas malas têm aproximadamente as seguintes dimensões: 80 x 50 x 28 cm (A x L x P).

O que é permitido trazer na bagagem em uma viagem internacional?

Os perfumes comprados nos free shops, lacrados e com nota fiscal estão liberados para o transporte. Muitas pessoas costumam poupar dinheiro para comprar roupas no exterior e trazer na bagagem. Roupas são difíceis de serem taxadas, pois já estão usadas e sem etiquetas.

Como escolher sapatos para uma viagem internacional?

6o passo – Sapatos para uma viagem internacional. Escolha três pares de sapatos. Só três. Para o verão, uma opção para levar na mala seria: sapatilha, tênis, sandália plataforma. Para o inverno: bota de cano curto, bota de cano longo, tênis de couro com solado grosso. Para a primavera ou outono: bota de cano curto, sapatilha, oxford.

image


Pode levar açaí no avião?

Sim, você pode levar comida no avião. Além disso, as comidinhas devem caber dentro da sua bagagem de mão e estar devidamente embaladas e com a data de vencimento marcada.


Como transportar açaí congelado no avião?

Deve-se embalar os alimentos e colocá-los em um isopor ou caixa térmica. É importante que o alimento não tenha contato direto com o gelo, por isso, recomenda-se embalagens a vácuo – até porque, conservam melhor o alimento e evitam mau cheiro.


Quais alimentos pode levar na mala despachada internacional?

A resposta é simples: sim, pode levar comida no avião em voo nacional e internacional….Confira algumas opções:Pão;Sanduíches;Pizza;Cereais;Bolos;Chocolate;Frutas secas;Tortas;More items…•


Como levar alimentos congelados no avião?

Como levar alimentos congelados no avião? Você pode levar alimentos congelados sem problemas a única regra é que você utilize um cooler ou um isopor bem fechado e com o gelo dentro de sacos plásticos para evitar vazamento! Também é possível despachar o cooler como uma mala!


Como transportar comida congelada?

Como deve ser o transporte de alimentos congelados? O transporte de alimentos congelados deve ser em um caminhão capaz de manter a temperatura do produto -18°C ou inferior. O aumento na temperatura só pode ser tolerado por curtos períodos, porém, ela nunca deve ser superior a -15°C.


Pode levar geleia na bagagem de mão?

Todos os produtos perecíveis e alimentos em geral, desde que armazenados em embalagens à prova de vazamentos (para evitar abertura acidental ou mau cheiro), podem ser transportados na bagagem de mão sem problemas.


Pode levar shampoo na bagagem despachada?

Com aparência e composição semelhante à de um sabonete, tanto o shampoo quanto o condicionador em barra podem ser transportados dentro da bagagem. Assim, você não precisa acompanhar as diretrizes de embalagem e pode seguir rumo ao destino sem preocupações.


Pode levar comida para fora do país?

Sim, você pode levar a comida tanto na bagagem de mão, quanto na bagagem despachada. Lembre-se de que os produtos devem estar embalados e intactos. Algumas companhias aéreas podem recusar o transporte de produtos perecíveis, especialmente em voos de longa distância.


Pode levar comida para outro país?

Ovos ou outros alimentos não processados. Vegetais e frutas não podem ser trazidos de outros países, já que há possibilidade de conterem pragas ou estarem contaminados por alguma doença, o que pode causar danos à agricultura do país ou à saúde humana. Mel, cera e própolis.


Pode levar carne congelada no avião Latam?

Segundo o site da companhia, tanto na bagagem de mão como no porão da aeronave, a regra é que ela deve ser levada em embalagem hermética que evite vazamentos e odores que afetem as demais bagagens. Mas se a sua pergunta é: posso comer minha comida no avião? Sim, você pode comer a sua comida no avião.


Pode levar caixa de isopor no avião da Gol?

Importante: se a caixa de isopor estiver em condições impróprias ou possuir dimensões superiores à da bagagem de mão, o item precisará ser despachado. Caso isso aconteça, o despacho será descontado da sua franquia de bagagem. Confira mais informações sobre o transporte de alimentos e gelo na aba “Bagagem despachada”.


Pode levar isopor na bagagem de mão?

No caso de produtos refrigerados, você pode transportá-los em caixa de isopor – que também deve estar estar revestida de saco plástico resistente. Tudo dentro das regras de peso e tamanho da mala de mão.


Como começar a preparar sua mala

Depois de escolher sua companhia aérea, você precisa consultar suas regras sobre bagagens. Hoje em dia, grande parte das companhias definem a mala grande, de despacho, com limite de até 23kg (contando a própria mala) e malas de mão, que vão dentro do avião, com até 10kg.


O se deve levar e não levar em sua mala de viagem internacional

Evite tudo aquilo que possa representar alguma ameaça física ou química dentro do avião, como objetos pontiagudos, com lâmina, que contenham componentes químicos potencialmente tóxicos ou inflamáveis. Aerossóis, por exemplo, devem ser levados apenas na mala para despachar.


Preparando a mala de mão

Não deixe de ir bem preparado para um novo ambiente, com uma pequena farmácia de medicamentos contra enjoo, dores físicas e estomacais. Se tomar medicamentos controlados, leve uma prescrição de seu médico, de preferência traduzida e assinada, apenas com a quantidade proporcional para a viagem.


Posso levar mochila no avião?

Grande parte das empresas permitem levar um item pessoal além de sua bagagem de mão, como bolsas ou mochilas, desde que sejam carregadas junto do passageiro. É importante conferir essa política individualmente com a agência para não precisar deixar sua mochila ou bolsa para trás.


Quais remédios levar em viagem internacional

A principal preocupação, sempre, deve ser em relação aos medicamentos de uso contínuo. Remédios de tarja preta precisam estar em suas devidas embalagens, acompanhados de bula e receita médica com o nome do usuário, carimbo do médico e traduzida para o inglês.


Como levar remédios em viagem internacional

Antes de saber como levar remédios em viagem internacional é importante saber que esses medicamentos podem sofrer fiscalização sanitária no aeroporto. Portanto, é importante saber como levar remédios em viagem internacional com segurança e de maneira legal.


Investimento para a sua saúde no intercâmbio

Além de saber como levar remédios em viagem internacional e para o intercâmbio, temos outra dica fundamental quando se trata de saúde. A compra de um seguro saúde de qualidade faz toda diferença!


Quais as vantagens de levar dinheiro para o exterior?

Vamos focar em pelo menos duas: a primeira é a não taxação sobre o valor das suas compras pelo Imposto sobre Operações Financeiras (IOF), nas transações realizadas via cartão de crédito ou pré-pago no exterior. Assim, você evita a taxa de 6,38% do IOF vigente em 2020.


Cuidados ao levar dinheiro em espécie para o exterior

Se normalmente você já toma cuidado com a sua carteira, redobre a sua atenção quando ela estiver com mais dinheiro em espécie do que o normal! Uma maneira de fazer isso é evitar deixá-la em bolsos traseiros de fácil acesso, o que facilita furtos sem que você perceba.


Quando declarar dinheiro em espécie para viagem internacional?

De uma maneira geral, você deverá declarar às autoridades da Receita Federal Brasileira sempre que estiver portando uma quantia de dinheiro em espécie superior a R$ 10 mil, seja em moeda nacional, seja em estrangeira.


Como declarar dinheiro em espécie em viagem internacional?

Você não precisa nem sair de casa para preencher a Declaração Eletrônica de Bens do Viajante (e-DBV). Isso pode ser feito pela internet na página oficial da Receita Federal ou de um jeito ainda mais fácil: pelo aplicativo. Caso não seja possível, também existem totens de autoatendimento em aeroportos e rodoviárias.


E no destino, é necessário declarar dinheiro em espécie também?

Depende do país para onde você está viajando. Por exemplo, nos Estados Unidos, ao chegar ou sair com mais de U$10 mil em dinheiro em espécie por família, é necessário declarar às autoridades.


Eletrônicos de uso pessoal

Os eletrônicos são a preferência na lista de produtos que os brasileiros costumam trazer na bagagem. Isso deve-se pelo preço mais em conta e lançamentos antecipados em alguns países.


Bebidas alcoólicas

Para as bebidas alcoólicas, as regras são, tecnicamente, igual às dos cigarros e charutos . Existe uma quantidade máxima de litros que podem ser trazidos, dependendo do país em questão, e geralmente é de 12 litros.


Perfumes

Perfumes que estejam na bagagem em uso, fora da caixa, passarão tranquilamente pelos fiscais. Mas, se houver muitas unidades embaladas, há grandes chances de haver taxação. Isso pode ocorrer com pessoas que compram em grandes quantidades nos outlets.


Roupas, acessórios e calçados

Muitas pessoas costumam poupar dinheiro para comprar roupas no exterior e trazer na bagagem. Roupas são difíceis de serem taxadas, pois já estão usadas e sem etiquetas. Não há comprovação de que elas foram compradas na viagem ou se já estava na bagagem.


Cigarros e charutos

Para os fumantes, o cigarro e o charuto enquadram-se na mesma lei. Há dois locais para adquiri-los: em lojas no país onde estava realizando a viagem ou nos free shops dos aeroportos. Em qualquer uma destas opções, o viajante estará isento de impostos, podendo comprar a quantidade máxima estipulada no local, que geralmente é de 25 unidades.


Cadeira de rodas e carrinho de bebê

Tanto para cadeira de rodas ou carrinho de bebê, a regra é a mesma. Não haverá taxação de imposto caso o ocupante esteja junto no momento de desembarque. Mas, caso seja outra pessoa que esteja transportando o objeto, será considerado como importação.


Instrumentos musicais

Para o transporte de instrumentos musicais, existe uma particularidade para isenção de taxação. O viajante pode trazer até três unidades de um instrumento musical, mesmo sendo idênticas.


O que mudou na regra das franquias de bagagens em vôos internacionais?

Nos últimos anos tem acontecido várias mudança nas regras de franquias de bagagem. Antigamente, todas as empresas eram obrigadas a permitir o despacho gratuito de 2 malas de 32kg por passageiro, o que colocava o Brasil em uma posição única nos limites de franquia.


Quando a viagem inclui uma conexão antes ou depois do vôo internacional

Se você comprou sua passagem com origem em uma cidade do Brasil e irá fazer conexão com uma companhia nacional antes de partir no vôo para os EUA, valerá a franquia de bagagem do trecho internacional para todo o seu itinerário.


O veredicto sobre os limites de bagagem

Vale ficar atento principalmente se a tarifa escolhida inclui ou não bagagem despachada.


Não se esqueça do seguro viagem obrigatório para Europa

Agora que você já sabe sobre voo internacional, uma dica muito importante para quem vai viajar, seja para passeios nacionais ou internacionais, é sobre o seguro de viagem. Para a maioria dos países da Europa é obrigatório fazer um Seguro de Viagem para viajar para lá.


Use seu celular à vontade em Portugal, na Europa ou qualquer lugar do mundo

Poder usar seu celular e dados móveis em Portugal, na Europa e em qualquer outro lugar do mundo seria maravilhoso, não é? Além de ser interessante para enviar notícias e fotos para os familiares e amigos é também muito útil para outras situações.


Super Dicas Para Sua Viagem

Uma dica muito importante para sua viagem é que alguns destinos possuem atrações bem afastadas uma das outras. Se for uma cidade enorme, como Nova York, por exemplo, o ideal é usar sempre transporte público, porque além do trânsito intenso o transporte público funciona bem. Para outros destinos o ideal é alugar um carro.


Qual moeda o país usa?

A primeira coisa que você deve descobrir é qual moeda o país que você quer visitar usa. As moedas mais comuns procuradas pelos brasileiros são: dólar americano (EUA), libra esterlina (Reino Unido), euro (União Européia) e peso argentino (Argentina). Essas são facilmente encontradas nas casas de câmbio.


Quando comprar moeda para viajar?

O ideal é fazer pequenas compras e sempre ficar de olho no câmbio para trocar quando estiver menor. Dessa forma você não perde tanto, pois sempre há o risco de comprar alto e depois cair ou der sorte de ser o contrário né haha Para viagens grandes, normalmente vou comprando com 4 meses de antecedência.


Dinheiro ou cartão de crédito?

Essa é a grande pergunta! Eu normalmente gosto de levar dinheiro em espécie, pois o IOF (Imposto sobre Operação Financeira) é de apenas 1,1% no valor total, enquanto o cartão de crédito é 6,38%.
Eu prefiro dinheiro pois não tem como dar errado, todo mundo aceita, não tem perigo de ser clonado….


Transferência internacional

Uma opção bem legal para quem vai fazer viagens longas, mudar de país ou fazer um intercâmbio é o Transferwise. É uma plataforma que te permite comprar moeda com o câmbio comercial e sem pagar todas as taxas dos bancos normais. É uma bela economia.


Declaração no aeroporto

Caso você esteja viajando com moedas que valem de 10 mil reais em espécie, é preciso parar na alfândega e fazer uma declação. Isso não inclui os limites de cartão de crédito.
Essa declaração deverá ser feita no país da sua viagem, porém será na moeda do país (10 mil dólares ou 10 mil euros por exemplo).


Valor mínimo para levar na viagem

Ao visitar a Europa e Estados Unidos, normalmente é perguntando quando você tem de dinheiro para visitar o país durante os dias da sua estadia. Você precisa comprovar o valor para mostrar que não tem intenções de ficar ilegal e que não vai virar mendigo hauehaue


Quanto eu devo levar de dinheiro na viagem?

A hospedagem é sim a parte mais cara da viagem, por isso você precisa pesquisar bem e com antecedência para visitar o lugar. Para isso, faça uma pesquisa básica no Booking ou Airbnb e coloque os valores numa tabela. Coloque os valores na moeda original e por cada dia da sua viagem.


Como levar dinheiro em viagem internacional: dinheiro em espécie

Essa é a forma mais comum de se levar dinheiro em viagem internacional. Basta ir em uma casa de câmbio aqui no Brasil, trocar os reais por dólar ou euro e levar pra sua viagem.


Como levar dinheiro em viagem internacional: cartão de crédito

É uma das formas mais práticas de como levar dinheiro em viagem internacional. No entanto, é preciso habilitar o cartão para o período da viagem. É o chamado “aviso de viagem”, em que você precisa informar para o banco ou operadora que dia você embarca e que dia retorna.


Como levar dinheiro em viagem internacional: Travel Money

O Travel Money também é conhecido como cartão pré-pago. A funcionalidade é a mesma do cartão de crédito. No entanto, a diferença é que você precisa carregar uma quantia nesse cartão.


Melhor forma de levar dinheiro para o exterior

Essas são basicamente as três formas de se levar dinheiro para o exterior. Como falei antes, não existe um certo ou um errado. Existe o que se adapta para a sua realidade e para o seu tipo de viagem.


Quanto dinheiro levar em uma viagem internacional?

A resposta para essa pergunta é muito relativa porque não existe um número exato e vai variar de viagem para viagem, de viajante para viajante. O ideal é que você consiga visualizar o tipo de viagem ao exterior que irá fazer e, a partir daí, poder calcular o quanto irá gastar.

image

Leave a Comment