Como mei posso revender açai

image

Não é obrigatório ter um CNPJ ou conta do MEI (Microempreendedor Individual) para conseguir ser um revendedor de qualquer marca. Inclusive, a maior parte de quem trabalha com revenda de produtos o faz utilizando o CPF. No entanto, isso não quer dizer que seja a melhor opção.

Full
Answer

Quais são as formas de atuação da revendedora Mei?

Além disso, a revendedora MEI pode optar pela sua forma de atuação, dentre as opções abaixo: – máquinas automáticas. O mais comum, hoje em dia, são as revendedoras MEI atuarem na forma “porta a porta”, virtual ou com loja fixa, mas nada as impede de atuar nas demais formas disponíveis para essa modalidade de empresa.

Quais são as vantagens de se tornar um MEI?

O MEI oferece como vantagem aos empreendedores a isenção de tributos federais, como o PIS, Cofins, IPI, CSLL e Imposto de Renda. Ao se tornar um Microempreendedor Individual, também é possível obter um CNPJ (Cadastro Nacional de Pessoas Jurídicas), que é o RG das empresas.

Quais são as atividades permissíveis para ingresso ao MEI?

Isso porque, dentre as atividades permissíveis para ingresso ao MEI, o comércio é a que mais se destaca. Sendo a atividade de comércio uma revenda de mercadorias, onde o comerciante compra produtos industrializados de terceiros, e os revende para seus clientes, esta pode se enquadrar no tipo jurídico de Microempreendedor Individual.

image


Como um estrangeiro pode abrir um MEI?

Estrangeiro pode ser MEI. Contudo, apenas é permitido a abertura do MEI para aqueles que possuem o Registro Nacional de Estrangeiros (RNE) permanente. Nesse sentido, estrangeiros com RNE provisório não podem ser MEI.


O que precisa para fechar um MEI?

Passo a passo para fechar MEIAcesse o site Empresas & Negócios do Governo Federal e clique na opção “Empreendedor”;Em seguida, escolha a opção “Já sou MEI”;Nesta tela, Serviços para MEI, clique na opção “Baixa de MEI”;Na tela Baixa de MEI, selecione “Solicitar Baixa”;More items…


O que pode ser MEI?

O MEI pode atuar em setores de prestação de serviços, comércios e indústrias. Assim, algumas das principais atividades são: cabeleireiros, motoristas, proprietários de comércios e artesãos.


O que é Mei no Brasil?

MEI significa Microeemprendedor Individual, ou seja, um profissional autônomo. Quando você se cadastra como um, você passa a ter CNPJ, ou seja, tem facilidades com a abertura de conta bancária, no pedido de empréstimos e na emissão de notas fiscais, além de ter obrigações e direitos de uma pessoa jurídica.


O que acontece se eu cancelar o MEI?

Quando a inscrição é cancelada, o MEI: – Perde o CNPJ – Cadastro Nacional de Pessoas jurídicas; – Não tem mais inscrição como MEI nas administrações tributárias estadual e municipal; – Perde as licenças e os alvarás concedidos para esse CNPJ.


Como encerrar o MEI grátis?

Confira abaixo como dar baixa em seu registro MEI:Acesse o Portal do Empreendedor;Na seção “Já sou”, selecione a opção “Baixa” e, depois, “Solicitar”; … Preencha o formulário para solicitar o encerramento do MEI;Gere e salve o Certificado da Condição do Microempreendedor Individual (CCMEI) – Situação Baixado;


Quais os serviços que o MEI pode prestar?

Atividades de prestação de serviços permitidas para MEI Entre elas estão serviços como o de cabeleireiros, manicures, fotógrafas(os), profissionais de marketing, pintores, jardineiros, esteticista, músicos e muitos outros.


Quais são os tipos de MEI?

MEI só pode ser EI (um titular; regime Simples Nacional); ME pode ser EI, EIRELI ou SA (um ou mais titulares; regime Simples Nacional, Lucro Real ou Lucro Presumido); EPP pode ser EI, EIRELI ou SA (um ou mais titulares; regime Simples Nacional, Lucro Real ou Lucro Presumido);


Qual o custo mensal de um MEI?

Os valores mensais da contribuição MEI de 2021 são: R$ 56,00 para comércio ou indústria, sendo R$ 55,00 do INSS e R$ 1,00 do ICMS; R$ 60,00 para prestação de serviços, sendo R$ 55,00 do INSS + R$ 5,00 de ISS; R$ 61,00 para comércio e serviços, sendo R$ 55,00 do INSS + R$ 1,00 do ICMS + R$ 5,00 de ISS.


Quais as vantagens de ter um MEI?

Quais são os benefícios que o MEI tem direito?Aposentadoria por idade ou invalidez;Afastamento remunerado por problemas de saúde (auxílio-doença);Salário-maternidade;Cobertura da Previdência Social estendida à família;Para a família: auxílio-reclusão;Para a família: pensão por morte;More items…•


Quais os direitos de quem paga o MEI?

Assim como todo trabalhador registrado, quem paga o MEI tem direito a aposentadoria. Atualmente existem dois tipos de benefício por aposentadoria, um por idade e outro por invalidez. *tempo de contribuição e idade mínima para se aposentar.


Como saber se a empresa é MEI ou não?

CNPJ MEI – Como consultarAcesse a página de serviços do site da Receita Federal;Preencha o CNPJ (somente números) e os caracteres exibidos na imagem;Clique em consultar.As informações básicas do seu negócio serão exibidas e a situação de ativo ou não;


Quando é obrigatório ter CNPJ

O CNPJ é obrigatório somente para as empreendedoras que querem abrir uma loja virtual ou física. Isso porque, nesses casos, será preciso formalizar o ambiente para que se consiga dar garantias para o cliente e estar dentro das conformidades da lei. Nas demais condições, não há obrigatoriedade, de modo que a abertura fica à critério da revendedora.


Quando é o momento certo para ter um MEI?

A decisão sobre abrir um MEI é muito pessoal, uma vez que depende de uma série de fatores individuais. Há quem já comece a revender os produtos utilizando o CNPJ. Geralmente, isso acontece quando a pessoa tem muita certeza de que tomará aquele trabalho como uma fonte primordial de renda.


Vou ter que pagar imposto?

Nenhuma pessoa precisa pagar alguma coisa para se cadastrar como MEI. O serviço é inteiramente gratuito. O único gasto são as parcelas de R$ 51,84 por mês, quais destinam-se ao pagamento da aposentadoria.


Se eu fizer um CNPJ precisarei mudar meu cadastro?

Não necessariamente. No site oficial você poderá continuar a fazer pedidos usando o CPF, a diferença, é que as vendas passarão a ser controladas com o uso do CNPJ.


Quem pode ser MEI?

O MEI foi criado para formalizar trabalhadores que atuam por conta própria, como, por exemplo, costureiras e mecânicos. Antes da modalidade existir, estes trabalhadores estavam em uma situação desprotegida, já que, em geral, não contribuiam para o INSS.


Quem não pode ser MEI?

Então você já deve ter observado, o MEI abrange muitas atividades. Por outro lado, existem algumas situações que não podem ser enquadradas na modalidade. Vale saber quem não pode ser MEI:


Quais são as Vantagens e desvantagens do Mei para e-commerce?

Se você trabalha com e-commerce, já deve ter percebido que o MEI é muito vantajoso para a loja virtual e que pode ser uma forma prática para regularizar o seu negócio, pagar os tributos e emitir notas fiscais. Confira as vantagens e as desvantagens do MEI para o comércio eletrônico:


Quais os documentos necessários para abrir uma MEI?

O Sebrae e o Portal do Empreendedor são uma boa fonte de consulta para buscar informações necessárias para abrir o MEI. Por exemplo o Sebrae também oferece cursos de qualificação para seu MEI, o que pode ser de grande ajuda para entender mais sobre o mundo do empreendedorismo.


Em qual atividade do MEI se enquadra para uma loja virtual?

Como falamos, uma loja virtual pode ser enquadrada no regime do MEI. Não existe nenhuma lei ou restrição que impeça as vendas online de emitirem nota fiscal como Microempreendedoras Individuais. No entanto, para se cadastrar como MEI é necessário verificar se a renda mensal do e-commerce está de acordo com o valor máximo


Como abrir MEI para e-commerce?

Em geral, quem monta um empreendimento virtual está em busca de independência financeira e de um trabalho que possibilite ser “seu próprio patrão”. No entanto, muitas vezes os empreendedores se esquecem que, para ser o próprio patrão, é necessário pagar tributos e estar dentro das regularidades existentes.


MEI no e-commerce

Com o crescimento da modalidade MEI e também o crescimento do e-commerce, é claro que os microempreendedores individuais também querem estar presentes no varejo online. E isso é possível? A resposta é sim.


Quais Estados o MEI pode emitir NF-e?

Para entender de uma forma geral, o que o MEI encontra de dificuldades em estar presente em marketplaces é no quesito nota fiscal. Alguns canais exigem, por questão de segurança, a geração do documento para todas as vendas concretizadas. Porém nem todos os MEIs emitem nota fiscal eletrônica (NF-e), que é a exigida pelos canais.


Escolhendo o marketplace para vender mais e melhor

O MEI precisa passar por diversos processos para vender em marketplaces, mas é super possível. Vale atentar a todas as restrições para que tudo corra bem.


Dicas para vender em marketplaces

Algumas dicas são valiosas para quem está iniciando a trabalhar no meio online. O Mercado Livre, por exemplo, é um marketplace que não exige a emissão de notas fiscais, o que acaba facilitando quem não consegue fazer essa operação no momento.


Obrigações do MEI nos marketplaces

Também é preciso lembrar que os Correios exigem a apresentação da nota fiscal impressa e anexa na embalagem do produto. No caso específico dos MEIs, é possível optar pela declaração de conteúdo, exceto quando a venda for para outra empresa.


Atenção MEI: é preciso declarar Imposto de Renda

A Declaração Anual do Simples Nacional (DASN SIMEI) deve ser entregue até 31 de maio, referente ao exercício fiscal do ano anterior. Fique atento: caso você não respeite o prazo e faça a DASN SIMEI com atraso, haverá cobrança de multa no valor mínimo de R$ 50 (cinquenta reais), ou 2% ao mês, tendo como base os valores declarados.


Integração Marketplace: uma das maiores vantagens de utilizar o Bling!

É possível optar pela integração de marketplace, realizando a venda em diferentes plataformas de uma maneira mais automatizada e inteligente. Isso amplia as possibilidades do vendedor converter ao mesmo tempo que marca a presença da marca e seus produtos, ampliando a vitrine a diferentes consumidores.


O que é MEI?

O Microempreendedor Individual é uma empresa constituída por uma pessoa que deseja se formalizar como pequeno empresário trabalhando por conta própria.


Como abrir um MEI?

O passo a passo de como abrir um MEI é simples, todo processo é realizado pelo Portal do Empreendedor e pode ser feito rapidamente, mas o ideal é contar com o auxílio de um contador, pois o processo será realizado com mais exatidão.


Declaração Anual do MEI

A outra obrigação do MEI é a Declaração Anual do Simples Nacional, o DASN-SIMEI, esta declaração deve ser feita anualmente pelo empreendedor para informar qual foi a receita bruta no ano anterior, a receita relacionada a operações sujeitas a ICMS e também as informações referentes a contratação de funcionários.


Posso comprar com nota fiscal e vender sem nota?

Sim! Porém, o ideal é que as compras sejam feitas com Nota Fiscal, pois é uma comprovação segura de que a mercadoria foi adquirida de forma lícita e dentro da lei.


Invista na divulgação da sua marca

Conseguiu comprar com CNPJ MEI e está com o estoque cheio de novidades? Agora é hora de fazer fotos legais, usar as redes sociais e começar a espalhar sua marca e produto para as pessoas. Crie promoções e use e abuse da criatividade para alcançar potenciais clientes!


Cadastro no RADAR

Assim como outras empresas, para realizar importações, o MEI deve realizar os procedimentos de habilitação no SISCOMEX, fazendo seu registro no RADAR. Para tanto, o MEI deve procurar uma Delegacia da Polícia Federal para adicionar às suas atividades a importação e exportação. Veja a orientação do SEBRAE sobre como proceder clicando aqui.


O MEI pode realizar importações sem o RADAR

Caso você vá realizar importações por meio do despacho simplificado dos Correios, como o Importa Fácil, ou couriers de outras empresas como Fedex, UPS, por exemplo, o cadastro no RADAR é dispensado, desde que o valor não ultrapasse U$ 3.000,00.

image

Leave a Comment