Como reconstruir um casamento acabado

image

Mara Lucia deixa, ainda, nove dicas que podem ser adotadas pelos casais que desejam buscar a reconstrução de seu casamento:

  1. Vivam a vida na verdade e na luz: deixem de fantasiar a vida, viva os fatos como eles são e não criem fantasmas sobre eles.
  2. Conheçam-se melhor: que vocês possam a cada dia observar e doar ao outro algo que o elevou.
  3. Mantenham o diálogo: é bom também diariamente dizer segundo a sua percepção onde o outro pode melhorar para te conhecer melhor.

Full
Answer

Como reconstruir o casamento?

Um casamento exige um relacionamento de confiança. Quando ela é quebrada — seja devido à infidelidade, ao abuso de substâncias, por mentiras ou algo parecido —, as duas partes deverão se esforçar para reconstruir o casamento, restaurando a sensação de confiança.

O que fazer quando o casamento é quebrado?

Quando ela é quebrada — seja devido à infidelidade, ao abuso de substâncias, por mentiras ou algo parecido —, as duas partes deverão se esforçar para reconstruir o casamento, restaurando a sensação de confiança. Veja os passos concretos que podem ser adotados para que ambos “salvem” a união.

Como escolher os melhores aconselhadores para o seu casamento?

Quando estamos reconstruindo nosso casamento, é normal e saudável conversarmos com outras pessoas, mas precisamos ter o cuidado de escolher sabiamente os nossos aconselhadores, que deve ser alguém de confiança e que esteja realmente disposto a ajudar, como terapeutas de casais ou líderes religiosos.

O que é o casamento e qual a sua importância?

O casamento é a formação de dois indivíduos com universos, valores e crenças diferentes. A verdade não está no modo de ver de nenhuma das partes, mas no novo modo de ver que ambos criarão juntos. Isto leva tempo, dedicação, paciência e vontade”, ressalta Bianca. 5. Sair um pouco da rotina

image


Qual a melhor maneira de tentar reconstruir um casamento?

As dicas abaixo podem ajudar.Conversem entre si. O casal que não conversa entre si alimenta o problema e só contribui para que ele cresça. … Alinhe expectativas. … Não interessa agora apontar culpados. … Deixe o passado no lugar dele. … Aceite o outro como ele é … Namorem muito. … Recorra à terapia.


Como restaurar um casamento que acabou?

Pense em como você pretende trazer a rotina à normalidade, e tente ser menos egoísta. Demonstre compreensão e se abra para que o outro perceba que você está disposto a ter uma boa conversa. Sempre que possível, elogie o cônjuge e mostre o quanto ele é importante em sua vida.


É possível Deus restaurar um casamento?

Ministrando desde 1991, Deus tem provado que Ele é mais do que capaz de restaurar qualquer casamento, especialmente o SEU! A Palavra de Deus possui Poder e a Verdade para mudar a SUA aparente situação sem esperança.


Como pedir a Deus para restaurar meu casamento?

5:459:09Suggested clip · 61 secondsCAMPANHA DE ORAÇÃO PELA RESTAURAÇÃO DO CASAMENTOYouTubeStart of suggested clipEnd of suggested clip


Como restaurar seu casamento sozinha?

Este livro é uma resposta ao pedido de socorro de inúmeras mulheres, que procuram o ministério FAMÍLIA DEBAIXO DA GRAÇA se sentindo extremamente sós em sua luta para restaurar o seu casamento, já que o marido parece indiferente ou hostil e a igreja, da qual fazem parte, não lhes parece apresentar um ambiente de confi …


O que fazer quando se está infeliz no casamento?

Seja grato pelo que tem. Isso nem sempre é fácil, principalmente quando se está num relacionamento infeliz. Mesmo assim, esse tipo de atitude pode ajudar você a enfrentar a situação, trazendo certa alegria à sua vida. Todos os dias, tire um tempo para pensar nas coisas pelas quais é grato.


O que a Bíblia diz sobre o fim de um casamento?

“Aos casados, ordeno, não eu, mas o Senhor, que a mulher não se separe do marido. Mas, se ela se separar, que não se case de novo ou que se reconcilie com o seu marido. E que o marido não se divorcie da sua esposa.


O que a Bíblia fala sobre restauração de casamento?

A princípio, lembre-se do que é o casamento (Mateus 19:5), pois é o primeiro passo para restaurar um casamento. “E disse: Portanto, deixará o homem pai e mãe, e se unirá a sua mulher, e serão dois numa só carne?” Casar-se não tem a ver com sexo, atração física ou ainda com satisfação de necessidades pessoais e sociais.


O que uniu o homem não separa?

E disse: ‘Por isso, o homem deixará pai e mãe, e se unirá à sua mulher, e os dois serão uma só carne’. De modo que eles já não são dois, mas uma só carne. Portanto, o que Deus uniu, o homem não separe”.


Qual é o salmo para restauração do casamento?

Salmo 45 (ajuda a estabelecer harmonia no casamento) 1 O meu coração trasborda de boas palavras; dirijo os meus versos ao rei; a minha língua é qual pena de um hábil escriba. 2 Tu és o mais formoso dos filhos dos homens; a graça se derramou nos teus lábios; por isso Deus te abençoou para sempre.


Qual oração para restaurar o casamento?

“Deus Pai e Jesus Cristo, peço que abençoe minha relação amorosa (nomes do casal). Derrame teu Espírito neste momento, e eu oro para que fales a mim, e através de mim, ao abençoar esse casal. O Senhor uniu esse casal com a tua habilidade divina e permitiu que eles se casassem, tendo um grande plano para o seu futuro.


Qual o santo que restaura casamento?

São ValentimSão Valentim: o santo do amor, casamentos e reconciliação.


Como Deus irá restaurar seu casamento para homens?

Um excelente livro, cheio das Escrituras para confirmar a mensagem de cada capítulo. Aviso: ler esse livro pode mudar radicalmente a forma que você se comporta e fazer com que sua esposa se apaixone por você novamente.


O que a Bíblia diz sobre restauração?

Qual o significado de restauração na Bíblia? substantivo feminino Ação de recuperar ou de reparar; conserto, recuperação. Trabalho que, realizado numa obra de arte ou de construção, faz com que suas partes deterioradas sejam restabelecidas.


O que a Bíblia fala sobre restauração?

Isaías 58:12. Seu povo reconstruirá as velhas ruínas e restaurará os alicerces antigos; você será chamado reparador de muros, restaurador de ruas e moradias (Is 58:12).


1 – Você precisa de um planejamento

Sabe, sempre que nós queremos fazer alguma coisa bem feita, nós não podemos sair fazendo simplesmente, nós temos que planejar. Isso me lembra a minha mãe, que um belo dia estávamos conversando dentro de casa e ela teve a ideia de fazer uma escolinha de reforço para alunos até a 4ª série.


2 – Entenda melhor porque está tudo desmoronando

E o primeiro passo para seu planejamento, é a pesquisa. Você precisa entender o que houve com seu casamento para ele chegar no ponto em que chegou. Você precisa perguntar ao seu marido, você precisa se lembrar de algo que houve, você precisa entender a forma como ele pensa e até a forma que você mesma pensa.


3 – Corte a raiz do problema

Nenhuma raiz resiste firme, se algo não a tiver alimentando. Veja o seguinte: nenhuma árvore permanece de pé, se não receber alimentos que vem do solo. Estes alimentos são capturado pela raiz. Portanto, o que alimenta a árvore vem pelo solo através da raiz da planta, correto?


4 – Recomece seu casamento

Se você quer mesmo ter como reconstruir um casamento, o que deve ser feito é seguir todos os passos que eu te disse antes, mas, principalmente, depois de ter arrancado a raiz do problema, recomeçar tudo como se tivessem se casado a partir daquele momento.


Dica 1 – Compreender as diferenças

Em um casamento, somos cavaleiros vindos de partes opostas, com culturas e tradições diferentes. E o primeiro passo para os que estão interessados em reconstruir seus casamentos é compreender essas diferenças e entender que ambos têm muito a contribuir, de maneiras distintas.


Dica 2 – Apreciar o casamento

Na história citada, ambos os cavaleiros param tão somente para apreciar a belíssima estátua. Eles apreciam suas qualidades, sua história, sua essência, seus valores, etc. Devemos apreciar nosso casamento, olhando-o com zelo e admiração por tudo o que ele significa para nós.


Dica 3 – Observar as pequenas coisas

Os cavaleiros da história, que num momento inicial pareciam concordar com o fato de a estátua ser merecedora de admiração, mal percebem o momento inicial da discordância. O que parecia uma coisa tola, como de que era constituído o escudo que a estátua empunhava, tornara-se algo fora de controle.


Dica 4 – Escolher o certo

Cada cavaleiro estava consciente do poder de ferir um ao outro, de que ambos possuíam e podiam ter escolhido não combaterem de modo tão grave, a ponto de caírem gravemente feridos. No casamento também temos o “poder” de machucar gravemente nosso cônjuge.


Dica 5 – Conversar com alguém

Em nossa história, o camponês tornou-se uma peça fundamental para solucionar o impasse dos dois cavaleiros, pois ele tratou-os com caridade e, além disso, teve o cuidado de conhecer o motivo da desavença antes de aconselhá-los.


Dica 6 – Estar dispostos a ouvir

O fato de procurarmos por bons aconselhadores de nada adiantará, se não estivermos dispostos a ouvir suas sábias palavras. Precisamos entender que a pessoa está realmente querendo nos ajudar, e possui conselhos que podem ser de grande valia na reconstrução de nosso casamento.


Dica 7 – Colocar-se no lugar do outro

Um terrível embate teria sido poupado se ao menos um dos cavaleiros tivesse tido o trabalho de passar para o lado oposto e observar o outro lado do escudo que a estátua empunhava. Precisamos ter o sentimento de empatia em nosso casamento, e isso requer que nos coloquemos frequentemente no lugar de nosso cônjuge.


Não meça esforços

Não se iluda a ponto de achar que vai conseguir mudar algo na primeira tentativa. Muitas vezes é necessário insistir, persistir e ter muita paciência para que a outra parte do casal comece a querer estender a bandeira branca.


Abandone o egoísmo

Pensar só em você não resolverá o problema e em alguns casos até piorará a situação. Pense em como você pretende trazer a rotina à normalidade, e tente ser menos egoísta.


1. Você está desvinculado

O primeiro sinal de que o casório não vai lá muito bem é quando um ou ambos dedicam mais tempo ao trabalho, aos amigos ou qualquer coisa é mais importante do que ficarem juntos. Essa distância causa um abismo entre o casal, quanto maior o tempo dedicado a atividades fora do casamento, mais difícil se torna a reaproximação.


2. Um dos cônjuges se recusa a tentar

Trata-se de uma soma bem simples, um casal é formado por dois. Caso um não queira, por mais que a outra parte se dedique com afinco nada compensará os outros 50% de negativismo. Para permanecerem juntos os dois precisam travar a mesma luta e dedicar-se proporcionalmente.


3. Falta de respeito no relacionamento

Um dos aspectos mais importantes de um casamento saudável é o respeito mútuo, diz o Dr. Savage. É muito fácil faltar com respeito a alguém tão próximo como o cônjuge, por isso é necessário se policiar sempre para garantir que não correremos o risco de destruir nossos relacionamentos por algo tão banal.


4. Vocês não são mais uma equipe

Acredite dividir tarefas diárias como os cuidados com os filhos, a ida ao supermecado, os passeios em família e a resolução dos problemas indica que vocês estão trabalhando em conjunto, afinal o casamento é um time.


5. O cônjuge infiel mantém a ex-amante como amiga

Determinadas amizades já atrapalham o relacionamento, quando essa amizade já foi o motivo de infidelidade a coisa complica mais ainda.


6. Não há comprometimento com os desejos e necessidades do outro

Uma parte importante do casamento implica atender as necessidades e desejos do parceiro ao mesmo tempo que cuida para que os seus também sejam atendidos. Na relação é fundametal a troca, uma mão lava a outra, toma lá dá cá, essas coisas. Quando isso não existe é mais um sinal de insucesso.


7. O cônjuge é um trapaceiro em série

Muitos homens apresentam um comportamento desonesto e infiel, são mulherengos mesmo. Assumidos, porém não assumem a culpa, afinal a culpa é sempre da mulher. Talvez por ser ciumenta ou controladora demais.


Relacionadas

Porém, muitas vezes, um casal demora a perceber ou evita aceitar os problemas e, dessa forma, a situação pode se agravar, trazendo à tona a triste pergunta: “como salvar o casamento?”


1. Não se afastar do outro

A psicóloga Bianca Benevenuti comenta que, para salvar o casamento, é necessário encerrar o ciclo vicioso que geralmente acontece quando o casamento não vai bem. “O ciclo de: estar ferido, afastar-se do outro, não conversar, não tentar resolver as questões e, com isso, permanecer ferido e, assim, ir dando continuidade…”, diz.


2. Investir em pequenos gestos

Um erro comum entre muitos casais, especialmente aqueles que estão juntos há muitos anos, é pensar que o outro já foi conquistado e que não sente falta de pequenos gestos de carinho e atenção.


3. Avaliar e mudar os próprios comportamentos

Quando um casamento não vai bem, é mais provável que a pessoa “culpe” o outro por isso. Mas, é importante parar e refletir: “Qual tem sido meu papel nesta fase ruim do relacionamento? Eu também tenho contribuído para que a situação se agrave ou estou tentando, de fato, salvar o casamento?”.


4. Lembrar que a comunicação é uma aliada poderosa

Reconhecendo que o casamento não vai bem, um passo importantíssimo é lembrar que a comunicação é a base de qualquer relacionamento. “Acreditar no mito de que, no momento da crise, ‘quanto menos falo, quanto mais guardo os sentimentos, o tempo passa e tudo se resolve’ não é efetivo”, destaca a especialista.


5. Sair um pouco da rotina

Marcar uma viagem que vocês sempre planejaram fazer ou até mesmo fazer uma viagem rápida de fim de semana são ótimas oportunidades para atrair o clima de romance. Mas, claro, viajar não é a única opção para sair da rotina.


7. Lembrar-se de como tudo começou e admirar o outro

Tente se lembrar de como vocês se conheceram, como se apaixonaram e decidiram viver juntos. Conversem sobre isso, claro, sem forçar a barra, de maneira natural!

image


1 – Você Precisa de Um Planejamento


2 – Entenda Melhor Porque está Tudo Desmoronando

  • E o primeiro passo para seu planejamento, é a pesquisa. Você precisa entender o que houve com seu casamento para ele chegar no ponto em que chegou. Você precisa perguntar ao seu marido, você precisa se lembrar de algo que houve, você precisa entender a forma como ele pensa e até a forma que você mesma pensa. Tudo isso vai fazer você chegar num conc…

See more on reconquistar.com


3 – Corte A Raiz Do Problema

  • Nenhuma raiz resiste firme, se algo não a tiver alimentando. Veja o seguinte: nenhuma árvore permanece de pé, se não receber alimentos que vem do solo. Estes alimentos são capturado pela raiz. Portanto, o que alimenta a árvore vem pelo solo através da raiz da planta, correto? Agora coloque isso na sua situação. Deixa eu tentar te mostrar isto claramente através de um exempl…

See more on reconquistar.com


4 – Recomece Seu Casamento

  • Se você quer mesmo ter como reconstruir um casamento, o que deve ser feito é seguir todos os passos que eu te disse antes, mas, principalmente, depois de ter arrancado a raiz do problema, recomeçar tudo como se tivessem se casado a partir daquele momento. Faça coisas novas com o seu cônjuge, faça uma viagem, não deixe nada cair na rotina, recomece como se tivesse em lu…

See more on reconquistar.com


Dica 1 – Compreender as Diferenças

Image
Em um casamento, somos cavaleiros vindos de partes opostas, com culturas e tradições diferentes. E o primeiro passo para os que estão interessados em reconstruir seus casamentos é compreender essas diferenças e entender que ambos têm muito a contribuir, de maneiras distintas.

See more on familia.com.br


Dica 2 – apreciar O Casamento

  • Na história citada, ambos os cavaleiros param tão somente para apreciar a belíssima estátua. Eles apreciam suas qualidades, sua história, sua essência, seus valores, etc. Devemos apreciar nosso casamento, olhando-o com zelo e admiração por tudo o que ele significa para nós. Aos que procuram reerguer a “estátua” de seus casamentos, é necessário apreciar e relembrar a importâ…

See more on familia.com.br


Dica 3 – Observar as Pequenas Coisas

  • Os cavaleiros da história, que num momento inicial pareciam concordar com o fato de a estátua ser merecedora de admiração, mal percebem o momento inicial da discordância. O que parecia uma coisa tola, como de que era constituído o escudo que a estátua empunhava, tornara-se algo fora de controle. Reconstruir um casamento significa repensar nas pequenas coisas, pois “é po…

See more on familia.com.br


Dica 4 – escolher O Certo

  • Cada cavaleiro estava consciente do poder de ferir um ao outro, de que ambos possuíam e podiam ter escolhido não combaterem de modo tão grave, a ponto de caírem gravemente feridos. No casamento também temos o “poder” de machucar gravemente nosso cônjuge. Mas ao tentar recomeçar, devemos fazer a escolha certa de protegê-lo, principalmente nas suas piores fraque…

See more on familia.com.br


Dica 5 – Conversar Com Alguém

  • Em nossa história, o camponês tornou-se uma peça fundamental para solucionar o impasse dos dois cavaleiros, pois ele tratou-os com caridade e, além disso, teve o cuidado de conhecer o motivo da desavença antes de aconselhá-los. Quando estamos reconstruindo nosso casamento, é normal e saudável conversarmos com outras pessoas, mas precisamos ter o cuidado de esco…

See more on familia.com.br


Dica 6 – Estar dispostos A Ouvir

  • O fato de procurarmos por bons aconselhadores de nada adiantará, se não estivermos dispostos a ouvir suas sábias palavras. Precisamos entender que a pessoa está realmente querendo nos ajudar, e possui conselhos que podem ser de grande valia na reconstrução de nosso casamento. Seus conselhos podem nos fazer refletir sobre nossos erros e como podemos minimizá-los.

See more on familia.com.br


Dica 7 – Colocar-Se No Lugar Do Outro

  • Um terrível embate teria sido poupado se ao menos um dos cavaleiros tivesse tido o trabalho de passar para o lado oposto e observar o outro lado do escudo que a estátua empunhava. Precisamos ter o sentimento de empatia em nosso casamento, e isso requer que nos coloquemos frequentemente no lugar de nosso cônjuge. Cada um dos cônjuges precisa ter a fir…

See more on familia.com.br

Leave a Comment