O que é uma açao antiflamatoria

image

Os anti-inflamatórios são remédios que diminuem a produção de substância inflamatórias no corpo, como prostaglandinas ou tromboxanos, sendo normalmente indicados para o tratamento de vários tipos de dor, como dor de garganta, cólicas menstruais ou dor de cabeça, por exemplo, além de poderem ser usados para baixar a febre.

Full
Answer

O que são anti-inflamatórios?

Anti-inflamatórios impedem ou amenizam o transporte de células do sistema imunológico para a região lesionada, minimizando os sintomas da inflamação. A inflamação é uma resposta do sistema imunológico a uma infecção ou lesão dos tecidos.

Quais são os princípios ativos dos anti-inflamatórios?

Entre os princípios ativos mais conhecidos estão o ácido acetilsalicílico, a dipirona sódica e o ibuprofeno. O uso indiscriminado de anti-inflamatórios pode causar efeitos colaterais graves, como toxicidade para as células do fígado e dos rins, gastrite e úlcera, entre outros.

Como agem os anti-inflamatórios?

Como agem os anti-inflamatórios? De forma bem simplificada, podemos dizer que os quadros inflamatórios surgem quando há um aumento da produção de uma substância chamada prostaglandina. A prostaglandina é gerada através da ação de uma enzima chamada ciclooxigenase (COX). Os anti-inflamatórios agem inibindo a ação dessa enzima COX.

Por que o uso de anti-inflamatórios é contra-indicado?

Nesses pacientes, o uso de AINES é contra-indicado, pois todos eles provocam inibição das prostaglandinas que agem nos rins, o que invariavelmente leva ao agravamento da insuficiência renal. Explicamos a lesão renal provocada por anti-inflamatórios com detalhes no artigo: Anti-inflamatórios fazem mal para os rins.

image


O que é o processo de inflamação?

O processo inflamatório é um mecanismo de reação do organismo para que haja uma eliminação, neutralização e destruição da causa de uma agressão. Essa agressão pode se dar por uma bactéria, por um acidente (fratura, contusão), por queimadura, por doenças auto-imunes, entre outras várias causas.


Qual é a função do processo inflamatório?

A inflamação é uma resposta à infecção ou lesão tecidual que ocorre para erradicar microrganismos ou agentes irritantes e para potenciar a reparação tecidual.


Quais são os 5 sinais de inflamação?

O processo inflamatório leva o organismo a produzir cinco sinais clássicos: calor, rubor (vermelhidão), tumor (inchaço, edema), dor e perda da função. Calor e rubor são causados pela dilatação dos vasos e o aumento de fluxo sanguíneo local leva à coloração avermelhada.


Quando o anti-inflamatório começa a fazer efeito?

Ele precisa de 15 a 30 minutos para agir. O alívio dos sintomas dura entre quatro e seis horas, a depender da causa e da intensidade.


Quais são as principais características do processo inflamatório?

Consiste em respostas vasculares, migração e ativação de leucócitos e reações sistêmicas, sendo as primeiras mais características, levando ao acúmulo de fluidos e leucócitos nos tecidos extravasculares. Isso se traduz como edema,dor, vermelhidão, calor e perda da função, sinais conhecidos como flogísticos.


Quais são as etapas do processo inflamatório?

1 – Agressão.2 – Reação vascular.3 – Aumento da permeabilidade vascular -> EDEMA OU TUMOR.4 – Proliferação de tecido vascular local.5 – Reparação/Cicatrização.


Como saber se você está inflamada?

No processo inflamatório, ocorre dilatação dos vasos, aumento do fluxo sanguíneo e de outros fluidos corporais para o local lesionado, podendo causar vermelhidão, dor, inchaço, dentre outros sintomas.


Como posso saber se estou com inflamação?

Existem cinco sinais, ou sintomas, que podem indicar uma inflamação aguda: vermelhidão, calor, inchaço, dor e sentir dificuldade em mover a zona afetada do seu corpo com normalidade.


Como saber se uma pessoa está inflamada?

Quando estamos com o corpo inflamado podem ocorrer várias alterações no organismo….Nesse processo ocorre uma dilatação dos vasos e o aumento do fluxo sanguíneo com outras substâncias que são liberadas no local lesionado, provocando sintomas, como:dor;inchaço;sensação de calor;vermelhidão.


Benefícios da dieta anti-inflamatória

A dieta anti-inflamatória melhora o funcionamento do organismo como um todo, colabora para a redução do colesterol LDL (colesterol ruim) e o aumento do HDL (colesterol bom), melhora os níveis de glicose, reduz o risco de doenças cardiovasculares, obesidade, diabetes, depressão e até câncer.


Alimentos da dieta anti-inflamatória

A boa notícia é que, assim como existem alimentos que causam inflamação, também há aqueles que impedem o processo. Ou seja, eles atuam dessa forma porque são capazes de aumentar a liberação de hormônios que inibem, ou até bloqueiam, a ação dos agentes inflamatórios.


Alimentos proibidos na dieta anti-inflamatória

Por outro lado, também é interessante conhecer os alimentos causadores de inflamação. Eles devem ser cortados da dieta anti-inflamatória ou consumidos com moderação:


Perda de peso

A dieta anti-inflamatória, por privilegiar alimentos que não causam inflamação, é capaz de ajudar o corpo a converter calorias em energia de maneira mais eficiente. Dessa forma, ela é, sim, uma aliada na perda de peso. É indicada para quem deseja melhorar os hábitos alimentares ou manter um estilo de vida mais saudável, procurando prevenir doenças.


Atividade física: uma aliada contra a inflamação

O plano alimentar vai trazer resultados mais satisfatórios se for acompanhada da prática de exercícios físicos. Pois, o sedentarismo aumenta a presença de substâncias que causam inflamação e diminui as defesas naturais do organismo. Portanto, mexa-se!


Sugestão de cardápio para dieta anti-inflamatória

1: Shake de 1 medida de whey protein batido com 3 morangos, 1 copo (200 ml) de água de coco, 1/2 polpa de açaí congelado, 1 col. (sopa) de semente de chia hidratada – deixe de molho de véspera, 2 nozes e 1 col. (sopa) de leite de coco light


Qual a diferença entre inflamação aguda e inflamação crônica?

Segundo um estudo sobre patologia publicado pela Unicamp, a inflamação aguda é identificada como resposta inicial à lesão celular e de tecidos. Algumas das principais características iniciais desse quadro são a formação de abscesso, vermelhidão e inchaço. Se o caso não for tratado a tempo, pode evoluir e provocar febre.


O que causa inflamação?

Há diversos fatores desencadeantes para quadros inflamatórios. Por exemplo, pessoas que consomem uma grande quantidade de açúcar têm mais chances de serem acometidas por essa condição.


Alimentos para uma dieta anti-inflamatória

Há milênios alimentos naturais como plantas, frutas e ervas vêm sendo utilizados como cura para diversas condições e problemas de saúde. Se certas coisas não passavam de senso comum, outras, após estudos e observação científica, comprovaram sua eficácia agindo em diversas frentes e promovendo a saúde e o bem-estar das pessoas.


Quais doenças uma dieta anti-inflamatória pode ajudar?

Como mencionado, inúmeras condições podem ser melhoradas ao alinhar uma dieta equilibrada e rica em propriedades antioxidantes e anti-inflamatórias. A natureza é capaz de subsidiar uma alimentação rica e natural aos seres humanos, muitas vezes promovendo um tratamento mais natural e fácil de ser incorporado no dia a dia.


Alimentos que devem ser evitados

Assim como há certos alimentos que promovem melhora nos quadros inflamatórios, há outras opções que pioram a condição e provocam mais inflamação aos tecidos prejudicados.


O que são alimentos antioxidantes?

As substâncias antioxidantes são aquelas capazes de atrasar ou inibir completamente a oxidação de um substrato oxidável. De uma forma mais simples, estas substâncias tem a função de proteger as células sadias do organismo contra a ação dos radicais livres.


Quais alimentos tem ação antioxidante?

Açafrão – Esta especiaria contém alta concentração de curcuminoides que são compostos com ações antioxidantes. A cúrcuma, nome dado à raiz do açafrão, quando torrada em pó é um excelente alimento para a saúde.


O que são alimentos anti-inflamatórios?

Os alimentos anti-inflamatórios são responsáveis por reduzir a produção de substâncias que estimulam o processo inflamatório. Estes alimentos também tem o papel de fortalecer o sistema imunológico, deixando o nosso organismo mais resistente contra doenças respiratórias como, por exemplo, a gripe e o resfriado.


Quais alimentos tem ação anti-inflamatória?

Mamão – Alimento rico em papaína que é uma enzimas responsável por ajudar na ações inflamatórias do organismo e promove melhorias no sistema digestivo.

image


O Que São OS anti-inflamatórios Não Esteroides?


Exemplos de anti-inflamatórios Não Esteroides

  • Existem dezenas de anti-inflamatórios, alguns exemplos são: 1. Diclofenaco. 2. Ibuprofeno. 3. Naproxeno. 4. Nimesulida. 5. Indometacina. 6. Cetoprofeno. 7. Ácido mefenâmico. 8. Piroxicam. 9. Celecoxibe. 10. Etoricoxibe. 11. AAS (ácido acetilsalicílico). Todos os anti-inflamatórios citados acima são fármacos que apresentam mecanismos de ação semelhantes, mas com particularid…

See more on mdsaude.com


para Que servem OS Anti-Inflamatórios?

  • Em geral, os anti-inflamatórios são medicamentos utilizados como sintomáticos, ou seja, eles aliviam os sintomas, mas não tratam diretamente as doenças que os estão provocando. Um paciente com faringite, por exemplo, pode tomar AINES para aliviar a dor de garganta, mas se a causa for uma infecção bacteriana, é preciso também tomar um antibiótico para curar a infecçã…

See more on mdsaude.com


Como Agem OS Anti-Inflamatórios?

  • De forma bem simplificada, podemos dizer que os quadros inflamatórios surgem quando há um aumento da produção de uma substância chamada prostaglandina. A prostaglandina é gerada através da ação de uma enzima chamada ciclooxigenase (COX). Os anti-inflamatórios agem inibindo a ação dessa enzima COX. Sem COX, há menor produção de prostaglandinas e men…

See more on mdsaude.com


Efeitos Colaterais Dos anti-inflamatórios

  • Os AINES são medicamentos seguros, se administradas com indicação médica. O problema é que essa seja, talvez, a classe de fármacos mais utilizada como auto-medicação pela população. Existem inúmeros efeitos colaterais e interações com outros medicamentos que devem ser considerados antes de tomar um anti-inflamatório. Alguns dos efeitos adversos mais comuns d…

See more on mdsaude.com


pacientes Que Não devem Tomar anti-inflamatórios Sem Orientação Médica

  • Por todos os problemas que já foram explicados até aqui, faz sentido tratar os anti-inflamatórios como uma classe de medicamentos que não deve ser tomada sem orientação médica, principalmente se você fizer parte dos seguintes grupos: 1. Idosos. 2. Grávidas. 3. Pacientes com insuficiência renal. 4. Pacientes com cirrose. 5. Pacientes com hipertensão descontrolada. 6. P…

See more on mdsaude.com


Referências

Leave a Comment