O que acontece quando a pessoa acaba de morrer

image

Full
Answer

Que acontece a uma pessoa quando morre?

19 Como vimos, quando uma pessoa morre, deixa de existir. Isso liberta-nos de muitas mentiras religiosas. Saber que quem morre não continua a viver noutro lugar ajuda-nos a entender por que motivo Jeová fez a promessa de vida eterna num paraíso na Terra.

Por que morrer não é tão ruim quanto se pensa?

“Na minha humilde opinião, morrer não é tão ruim quanto se pensa.” Essa é a visão da morte por Kathryn Mannix, médica britânica pioneira em cuidados paliativos, que dedica sua carreira a tratar pacientes com doenças incuráveis nos últimos estágios de sua vida.

Quando um homem morre pode ele voltar a viver?

A resposta da Bíblia é emocionante! ^ par. 5 Alguns acreditam que as pessoas têm uma alma ou espírito que continua a viver depois da morte. Para saber mais sobre isso, veja a secção Entenda Melhor, n.° 17 e n.° 18. 1. QUEM MORRE DEIXA DE EXISTIR

Quem morre não ama nem odeia?

Quem morre não ama nem odeia. “Não há trabalho, nem planeamento, nem conhecimento, nem sabedoria na Sepultura.” (Leia Eclesiastes 9:5, 6, 10.) Além disso, no Salmo 146:4, a Bíblia diz que, quando alguém morre, “acabam-se os seus pensamentos”.

image


1. O que acontece quando a pessoa morre?

Jesus comparou a morte a um sono profundo. A pessoa que está dormindo profundamente não sabe o que está acontecendo em volta dela. Em que sentido a morte é igual ao sono? Depois que a pessoa morre, ela não sente mais nada. Ela não sente dor nem está sofrendo. A Bíblia diz que “os mortos não sabem absolutamente nada”. — Leia Eclesiastes 9:5.


2. Como saber a verdade sobre a morte nos ajuda?

Muitas pessoas têm medo de morrer — e têm até mesmo medo dos mortos! Mas saber o que a Bíblia ensina sobre a morte nos deixa aliviados. Jesus disse: “A verdade os libertará.” ( João 8:32) Algumas religiões dizem que todo mundo tem uma alma que sobrevive à morte, mas a Bíblia não ensina isso. Sendo assim, ninguém sofre depois que morre.


5. É um alívio saber a verdade sobre a morte

Muitas pessoas aprenderam que depois que morrerem vão sofrer pelas coisas erradas que fizeram. Mas é um alívio saber que não vamos sofrer depois da morte, mesmo que a gente tenha feito coisas ruins. Leiam Romanos 6:7. Depois conversem sobre o ponto a seguir:


O que fazer em caso de morte?

A primeira coisa a ser providenciada é o atestado de óbito, afirma o advogado Carlos Eduardo Guerra. “Deve ser feito por uma pessoa que conheça bem quem morreu, pois na certidão vão constar duas informações importantes: se há herdeiros e se há bens”, explica.


Mas e se a pessoa só deixar dívidas?

Os herdeiros continuarão sem a obrigação de pagar qualquer débito com recursos próprios. Se a pessoa que morrer não tiver nenhum bem para honrar suas dívidas, quem arcará com os prejuízos serão os credores.


É possível usar o cartão de alguém que está morrendo e que autorizou a fazer isso?

Segundo Vivianne Ferreira, é difícil definir que houve crime, mas o uso pode ser contestado. “Esse uso autorizado é contestável. Para o banco, ele não é legítimo, pois o cartão de crédito é de uso pessoal e intransferível. Se o uso foi autorizado, a questão do crime fica difícil de configurar, mas existe um ilícito civil, de qualquer forma, pois o contrato do titular com o banco não permite o uso por terceiros.”


Existe alguma dívida que não seja repassada aos herdeiros?

Geralmente, empréstimos consignados e financiamentos imobiliários possuem seguros atrelados a eles e, por causa disso, no momento da morte do titular do contrato, as dívidas são cobertas.


O FGTS de uma pessoa que morreu entra no espólio?

Em geral, não. O advogado e professor de direito da FGV-Rio (Fundação Getúlio Vargas), Daniel Dias, declara que inicialmente os valores do Fundo de Garantia não compõem a herança devido à natureza dos recursos.


Para quem fica a previdência privada e o seguro de vida em caso de morte?

Daniel Dias diz que os dois benefícios não podem ser usados para pagar a dívida de alguém que morreu.


E se o valor dos bens for igual ao valor das dívidas?

Se os valores positivos e negativos do patrimônio foram exatamente iguais, não haverá herança a receber. Todo o patrimônio será utilizado para pagar os credores.


Incrível! Histórias reais Polêmico Dicas

A morte é uma coisa muito complicada; a jornada de cada pessoa é única, assim como o processo de cura de cada sobrevivente.


1. Dormir muito mais do que o normal

Você provavelmente já sabe, mas nos meses antes do fim da vida de alguém, a pessoa afetada pode começar a dormir muito mais do que o normal. À medida que se aproxima da morte, o metabolismo do organismo diminui drasticamente, e por essa mesma razão, sem um fornecimento constante de energia, a fadiga e o cansaço saem facilmente como vitoriosos.


2. Come e bebe menos

As necessidades de energia diminuem à medida que se envelhece. Por não ser necessário realizar mais as tarefas diárias, alimentos e bebidas parecem ser deixados de lado um pouco, pela diminuição das quantidades ingeridas.


3. Longe de outras pessoas

Não é incomum que as pessoas em seu leito de morte se afastem pouco a pouco de atividades ou outros assuntos que amam. Este é um reflexo natural das mudanças na energia, bem como o desejo de proteger seus últimos dias e horas de vida. Como você pode ajudar? Se isolar não significa que essa pessoa não gosta da companhia de seus entes queridos.


4. Mudanças nos sinais vitais

Quando a morte está levando pouco a pouco essa pessoa, a pressão arterial cai drasticamente. As mudanças na respiração tornam-se muito mais óbvias e os batimentos cardíacos tornam-se irregulares e difíceis de detectar. À medida que a pressão arterial diminui drasticamente, os rins também param de funcionar.


5. Mudanças nas funções do intestino

Como seu ente querido come e bebe menos, os movimentos intestinais tornam-se curtos e irregulares. Do mesmo modo, a micção se torna menos freqüente, chegando ao ponto de não precisar ir ao banheiro. Como você pode ajudar? É um processo natural, então não se assuste se ver que seu ente querido para de ir ao banheiro.


6. Aumentar a confusão

O cérebro permanece muito ativo durante a fase da morte. No entanto, não é incomum que uma pessoa tenha momentos de confusão ou incoerência. Alguns podem ficar inquietos e agressivos se eles não sabem onde estão ou o que está acontecendo. Como você pode ajudar? Mantenha a calma e fale em voz baixa.


Quais são os sinais de morte, de acordo com o espiritismo?

Apenas algumas pouquíssimas pessoas, sabem ao certo de que forma e quando vão morrer, na verdade não existe morte no espiritismo, existe o desencarne e o retorno para o nosso verdadeiro lar.


Quando temos a sensação de que se vai morrer, é sinal de morte, no espiritismo?

Com o intuito de esclarecer alguns pontos, precisaríamos antes entender qual seria esta sensação. Isto pois muitas vezes achamos que vamos morrer por diversos motivos mas é apenas uma força de expressão.

image

Leave a Comment