O que fazer para acabar com a rachadura do pé

image

O que fazer para tratar rachadura nos pés? De acordo com o estudo citado no início do artigo, para a recuperação de pés rachados “é comum o uso de cosméticos hidratantes para restabelecer a barreira cutânea”. Então, capriche na hidratação, tanto por dentro quanto por fora.

Full
Answer

Como acabar com rachaduras nos pés?

Açúcar e óleo: você pode recorrer a estes ingredientes para acabar com as rachaduras nos pés. O açúcar granulado age como esfoliante enquanto que o óleo hidrata a pele. É melhor usar um óleo de boa qualidade, como o de sésamo ou de coco. Depois lave os pés com água morna.

Como evitar uma rachadura no prepúcio de uma criança?

Uma rachadura no prepúcio de uma criança pode aparecer se as regras de higiene não forem seguidas. Durante o banho, a região da virilha deve ser lavada com sabonete e enxaguada com água limpa, sem expor a cabeça, e com sabonete líquido para bebês.

Como evitar rachadura no calcanhar?

Esfoliante para pés rachados Esta mistura é uma pasta esfoliante feita com arroz, mel e vinagre, que ajuda a remover as células de pele mortas além de hidratar a pele. Porém, a esfoliação só deve ser usada cerca de 2 vezes por semana, para não agredir a pele em excesso.

Como diagnosticar uma rachadura no prepúcio?

Um urologista diagnostica uma rachadura no prepúcio ao realizar um exame visual, especificando alguns detalhes para doenças concomitantes, se antes havia problemas para expor a cabeça, se havia infecções sexualmente transmissíveis . Para esclarecer o diagnóstico, é feito um esfregaço para cultura, análise de sífilis , herpes, níveis de glicose.

image


Causas das rachaduras nos pés

A pele dos pés é uma das regiões que menos damos atenção, especialmente no inverno. Mas quando começa a fazer calor ou quando aparecem incômodos sérios, percebemos que talvez deveríamos cuidar dela um pouco mais.


Como acabar com as rachaduras nos pés

Existem diferentes medidas que você pode tomar sozinho, mas é importante saber que um diagnóstico coreto do dermatologista permitirá que você resolva seu problema de forma mais rápida e eficaz. Os especialistas em dermatologia ou podologia possuem diversas ferramentas que podem te tratar apropriadamente.


Epidemiologia

De acordo com as estatísticas, 9 em cada 10 meninos têm problemas associados à incapacidade de abduzir o prepúcio. Em homens adultos, a fimose, em menor ou maior grau, ocorre em aproximadamente 14% das pessoas que procuram um urologista. [ 1]


Patogênese

O mecanismo de estreitamento do prepúcio não está totalmente esclarecido, mas está associado à falta de tecido conjuntivo decorrente de uma predisposição genética. Durante a puberdade, às vezes há uma incompatibilidade entre o desenvolvimento da cabeça e da pele, que forma um anel ao redor dela.


Sintomas rachaduras no prepúcio

As rachaduras ocorrem no lado interno da folha dérmica. Ambos são pequenos, imperceptíveis, não causando sensações dolorosas, e grandes, que não podem ser esquecidos.


Rachadura no prepúcio de uma criança

Em quase todos os meninos, o prepúcio cobre completamente a cabeça e isso não deve incomodar os pais até que eles se queixem de dor e vejam a ponta vermelha do pênis.


Complicações e consequências

As fissuras no prepúcio costumam causar cicatrizes ásperas, que estreitam a borda ao redor da cabeça do pênis e dificultam a urina ou sua retenção completa, interferindo na relação sexual. O pinçamento da cabeça causa edema, hiperemia congestiva e, às vezes, até necrose do tecido.


Diagnósticos rachaduras no prepúcio

Um urologista diagnostica uma rachadura no prepúcio ao realizar um exame visual, especificando alguns detalhes para doenças concomitantes, se antes havia problemas para expor a cabeça, se havia infecções sexualmente transmissíveis .


Diagnóstico diferencial

A diferenciação da doença que leva à formação de fissuras é muito importante, pois disso depende o regime de tratamento. Ocorre entre IST, fimose, balanopostite, diabetes mellitus e outras patologias que podem levar a defeitos no prepúcio.


1. Creme de limão e patchouli

O óleo essencial de limão suaviza os calos, enquanto que o óleo essencial de patchuli trata a pele gretada e a manteiga de cacau é ótima para hidratar e nutrir a pele.


2. Esfoliante para pés rachados

Esta mistura é uma pasta esfoliante feita com arroz, mel e vinagre, que ajuda a remover as células de pele mortas além de hidratar a pele. Porém, a esfoliação só deve ser usada cerca de 2 vezes por semana, para não agredir a pele em excesso. Este esfoliante caseiro é perfeito para usar depois do banho e em substituição da lixa de pés, por exemplo.


3. Esfoliante de farinha de milho e hortelã-pimenta

A farinha de milho e o sal marinho removem a pele dura, o óleo de hortelã-pimenta é revigorante e o óleo de amêndoa tem propriedades hidratantes e nutritivas.


4. Pasta com bicarbonato de sódio

Este é um excelente remédio caseiro para garantir uma hidratação profunda do pé, eliminando a pele mais ressecada e acabando de vez com as rachaduras que podem surgir no calcanhar.


1. Compressa de barbatimão

O barbatimão é um cicatrizante, anti-inflamatório e antibacteriano, que reduz o inchaço da área afetada e ajuda a fechar as fissuras que surgem durante a amamentação. Ainda possui efeito anestésico, porque pode aliviar a dor e ardência minutos antes do início do aleitamento. Confira outros benefícios do barbatimão.


2. Compressa de calêndula

A compressa do chá calêndula pode ser usada para acelerar a cicatrização das fissuras e aumentar a produção de colágeno, essencial para o fechamento da ferida e para fortalecer a pele, impedindo que se abra novamente. Além de possuir atividade anti inflamatória e antisséptica, que ajudam no alívio do desconforto e das dores.


3. Óleo de copaíba

O óleo de copaíba também é um dos cicatrizantes naturais que pode ser usado para tratar e prevenir as fissuras mamilares que aparecerem durante a amamentação, além disso, também conta com a propriedade germicida, antitumoral e analgésica.


4. Pasta de manjericão

As folhas de manjericão podem evitar possíveis infecções e sangramento na região onde existem ás fissuras, além de proporcionar efeito calmante por gerar a sensação de frescor no local do ferimento.


5. Azeite extra virgem

O azeite extra virgem possui propriedades anti-inflamatórias, antioxidantes e hidratantes que aceleram o processo de cicatrização e evita que novas fissuras apareçam, além de fortalecer a pele do local onde foi aplicado.

image

Leave a Comment