O valor da causa de açao de alimentos

image

– Tratando-se de ação de alimentos, o valor da causa deve corresponder a uma anuidade, ou seja, à soma, de 12 prestações mensais requeridas pelo autor (art. 292, inciso III, CPC)- Nos termos do art. 1.694, § 1º, do Código Civil, os alimentos devem ser arbitrados em patamar a promover, equilibradamente, ideal proporcionalidade entre as necessidades presumidas do alimentando e a capacidade contributiva de seu genitor – A obrigação alimentar se insere na jurisdição de equidade, devendo o valor arbitrado observar o binômio necessidade/possibilidade, utilizando-se como paradigma a dignidade da pessoa humana norteada na garantia do mínimo existencial, preservando também as condições de subsistência digna do alimentante – Os alimentos entre ex-cônjuges fundamentam-se no dever de solidariedade familiar e de mútua assistência, objetivando garantir o mínimo existencial quando demonstrada a efetiva necessidade e dependência econômica – na forma prevista no art. 1.694 do Código Civil – Inexistindo prova da necessidade e da incapacidade para suprir por esforço próprio o seu sustento, não se justifica a concessão de alimentos ao ex-cônjuge/companheiro.

Full
Answer

Qual é o valor da causa na ação de alimentos?

O valor da causa na ação de exoneração de alimentos deve corresponder à anuidade dos valores alimentares fixados em favor da alimentada, incluídas todas as fontes pagadoras. Quem paga o valor da causa ação de alimentos? O valor da causa, quando visa benefício econômico, é devido pelo réu e deve ser pago ao requerente da ação.

Como calcular o valor da causa de alimentos?

Com relação aos alimentos, pleiteados no valor mensal de R$ 1.000,00, o valor da causa será de R$ 12.000,00 e, no tocante à partilha de bens no valor de R$ 1.000.000,00, a quantia da causa será correspondente ao da meação – eis que é este o benefício econômico que se busca em juízo. Assim, o valor da causa na ação de partilha será de R$ 500.000,00.

Qual é o valor da causa na execução de alimentos?

O valor da Causa na Execução de Alimentos corresponde ao somatório dos valores atualizados das parcelas não adimplidas. Todavia, de acordo com a Súmula 309, do STJ, a execução de alimentos na forma do art.733, do CPC, só é cabível em relação às três últimas

Qual o valor da causa de alimentos provisórios?

O valor da causa seria 12 x R$ 500,00, ou seja, R$ 6.000,00. Caso “desconfie” que os 30% dos rendimentos do réu ultrapasse este valor, peça os R$ 500,00 a título de provisórios mantendo o valor da causa acima, e requeira os 30% dos rendimentos a título de alimentos definitivos.

image


Qual o valor da causa de uma ação de alimentos?

Segundo norma do art. 292, III, do CPC, o valor da causa, na ação de alimentos, deve ser o equivalente à soma de 12 (doze) prestações mensais pedidas pelo autor.


Qual o valor da causa da ação de exoneração de alimentos?

2. Na ação de exoneração de alimentos o valor da causa corresponde a 12 (doze) parcelas da pensão alimentícia, cabendo sua correção pelo Juiz.


O que significa valor da causa em um processo de pensão alimentícia?

O valor da causa é o potencial ganho financeiro que uma das partes da relação processual pode receber. Está previsto no Código de Processo Civil (CPC), nos artigos 291 a 293. Além disso, trata-se de uma requisito fundamental de uma petição inicial, conforme o artigo 319,V do mesmo dispositivo legal.


Como dá o valor da causa?

O valor da causa, quando visa benefício econômico, é devido pelo réu e deve ser pago ao requerente da ação. Todavia o ideal seria se o valor da causa fosse fixado de forma definitiva desde o início da ação (arts. 290 e 319 do CPC) e assim permanecesse até o encerramento do processo. Mas, nem sempre poderá ser assim.


Quanto tempo demora um processo de exoneração de pensão alimentícia?

O tempo de demora de um processo de exoneração de pensão alimentícia vai depender do seu caso específico, podendo variar de 05 (cinco) meses até alguns anos. Os atos processuais, volume de processos e a agilidade do seu advogado influenciarão esse tempo.


Como distribuir ação de exoneração de alimentos?

De se frisar que a ação de exoneração de alimentos, consensual ou litigiosa, pode ser livremente distribuída a uma das Varas de Família do domicílio do alimentando.


Qual a importância de se dar o valor da causa?

O valor da causa na petição inicial tem sua maior importância para: Mensurar o valor das custas do processo; Parâmetro às multas processuais. Arbitramento dos honorários advocatícios.


Como se calcula o valor da causa em ação de indenização?

De regra, o valor da causa, que será indicado ao final da petição inicial, corresponderá ao valor do bem da vida almejado, ou seja, do pedido mediato. Quando é possível essa mensuração de acordo com os critérios fixados na legislação (artigos 259 e 260 do CPC), fala-se em “valor da causa legal”.


Como cobrar honorários em ação de alimentos?

Cobrança sobre o valor obtido Se por ventura o processo for ganho por ela, todos os valores atrasados podem ter que ser pagos. Geralmente, os advogados cobram uma média de 30% sobre o valor. 4800 x 30% = 1440. Ou seja, você teria que pagar ao advogado cerca de R$ 1.440.


Qual o valor mínimo de uma causa?

do CPC , estabelece um mínimo legal, que é de 10% sobre o valor da causa, o qual foi devidamente aplicado ao caso concreto.


O que é valor da causa no processo civil?

O valor da causa é o potencial benefício econômico que poderá ser percebido pelas partes que demandam a prestação jurisdicional. É um requisito da petição inicial e tem parâmetros legais que devem ser seguidos para orientar todos os atores jurídicos. Este tema é um “detalhe” da petição inicial ou da reconvenção.


Quando não se sabe o valor da causa?

Ou seja, o juiz corrigirá de ofício e por arbitramento o valor da causa caso a parte não o faça. Isto ocorrerá quando verificar que o valor atribuído não corresponde: ao conteúdo patrimonial, quando a causa versar sobre bens patrimoniais; ou. ao proveito econômico intencionado pelo autor.

Leave a Comment