Quando acaba greve dos caminhoneiros

image

Full
Answer


Como é que tá a greve dos caminhoneiros no Brasil?

Greve dos caminhoneiros: governo diz que não há bloqueios no país.


Vai ter greve dos caminhoneiros em SP?

Governo descarta greve nacional de caminhoneiros.


Vai ter greve de caminhoneiro 2022?

Wallace Landim, um dos líderes dos caminhoneiros autônomos, disse nesta 6ª feira (17. jun. 2022) que, diante do novo aumento no preço de combustíveis, a greve da categoria “é o mais provável”.


Vai ter greve 2022?

Greve de ônibus em São Paulo é marcada para terça-feira, 14 de junho de 2022; Nova proposta pode reverter. Uma greve de ônibus em São Paulo foi aprovada para terça-feira, 14 de junho de 2022. Motorista e cobradores realizaram uma assembleia na tarde desta sexta-feira, 10 de junho de 2022.


Como está a greve dos caminhoneiros no Estado de São Paulo?

Tudo sobre: Greve dos caminhoneirosMinistro descarta bloqueios em rodovias por caminhoneiros após alta de preços. … Geração de empregos, uso de máscara em SP e mais da noite de 3 de novembro. … STF mantém veto à obstrução de rodovias federais. … Rodovias e pontos logísticos do país continuam sem bloqueios, diz ministério.More items…


Vai ter greve dos caminhoneiros Segunda-feira?

Líderes caminhoneiros se mobilizam para dar início a uma greve nacional a partir de meia-noite desta 2ª feira (1º. nov. 2021).


Está tendo paralisação em São Paulo?

O paulistano deve encontrar dificuldades nesta quarta-feira, 29 de junho de 2022, com mais um dia de greve de ônibus. Na tarde desta terça-feira (28), em assembleia promovida pelo Sindmotoristas, os trabalhadores decidiram retomar a greve que havia sido suspensa no dia 14 de junho de 2022.


Vai ter greve de metrô amanhã?

A greve de Metrô em São Paulo foi cancelada com as operações ocorrendo nesta quarta-feira, 25 de maio de 2022. A decisão ocorreu após assembleia dos metroviários que ocorreu na noite desta terça-feira (24) e foi finalizada depois de 21h30. A categoria pede reajustes nos salários e benefícios, além de cláusulas sociais.


Pautas em reivindicação

Entre os motivos para o decreto da greve está o alto preço do combustível, especificamente da gasolina. No dia 5 deste mês, a Petrobrás anunciou um novo reajuste de mais de 6% para o produto. Já o diesel foi acrescentando em 3,5%, fazendo com que o custo das viagens dos caminhoneiros ficasse mais caro.


Greve enfraquecida

Desde que o anúncio da greve foi realizado, o governo federal passou a dialogar com as lideranças sindicais para rever a situação. Diante de uma divisão entre a própria categoria, parte do movimento foi enfraquecido, fazendo com que a paralisação fosse suspensa.


Pronunciamento do governo

Diante das possíveis ameaças de greve, o Ministério da Infraestrutura divulgou em nota afirmando que a CNTRC “ não é entidade de classe representativa para falar em nome do setor do transporte rodoviário de cargas autônomo e que qualquer declaração feita em relação à categoria corresponde apenas à posição isolada de seus dirigentes”.


Zerar a Cide sobre o diesel

Um acordo entre governo e Congresso sinalizou para o fim da cobrança da Cide (Contribuição de Intervenção no Domínio Econômico) sobre o diesel. A alíquota é fixa, de R$ 0,05 por litro.


Política de preços da Petrobras

A Petrobras anunciou, na noite de quarta-feira (23), uma redução de 10% no preço do diesel nas refinarias. Com isso, o preço cairá para R$ 2,1016 o litro nas refinarias e permanecerá inalterado por 15 dias, informou a estatal.

image

Leave a Comment