Quando acabou a era viking

image

Full
Answer

Quanto tempo durou a Era Viking?

A Era Viking durou cerca de 300 anos, indo até meados do século XI, quando os vikings foram convertidos ao cristianismo. Antes disso, no entanto, eles ficaram famosos por suas habilidades de navegação e guerra.

Qual é a história dos Vikings?

Os vikings acreditavam que parte de seus deuses morava em Asgard, um dos nove mundos existentes em sua crença. Esses nove mundos, segundo essa crença, estavam interligados entre si a partir da Yggdrasil, o freixo da vida.

Qual a origem da palavra viking?

Os piratas a quem eles [dinamarqueses] chamam de Vikings, mas nós [os germânicos] chamamos de Ashmen “. Se a origem da palavra viking for escandinava deve ser relativa à vig (batalha), ou vik (riacho, enseada, fiorde ou baía).

Como era a aparência dos Vikings?

Apesar de conhecidos como loiros altos, por exemplo, os vikings não era assim. Naturalmente, eles já tinham a aparência semelhante a dos atuais noruegueses e dinamarqueses, mas eram mais baixos e possuíam cabelo escuros, em sua maioria.

image


Etimologia

Hoje, de um modo um tanto controverso, a palavra viking também é usada como um adjetivo que se refere aos escandinavos da época; a população escandinava medieval é denominada frequentemente pelo termo genérico “nórdicos”. A palavra wicinga ocorre pela primeira vez no poema anglo-saxónico Widsith do século X. [carece de fontes
?
]


Registros históricos

A terra natal dos vikings era a Noruega, Suécia e Dinamarca. Eles e seus descendentes se estabeleceram na maior parte da costa do mar Báltico, grande parte da Rússia continental, a Normandia na França, Inglaterra e também atacaram as costas de vários outros países europeus, como Portugal, Espanha, Itália e até a Sicília e partes da Palestina.


A era viking

O período compreendido entre as primeiras invasões registradas na década de 790 até a conquista normanda da Inglaterra, em 1066, é conhecido como a era viking da história escandinava. Supõe-se que os ataques aos povos que vivem ao redor do mar Báltico tem uma história anterior.


Declínio

Após décadas de pilhagem, a resistência aos vikings tornou-se mais eficiente e, depois da introdução do cristianismo na Escandinávia, tornou a cultura viking mais moderada. As incursões vikings cessaram no fim do século XI.


Sociedade

Os povos vikings, assim como tinham uma mesma organização política, também compartilhavam uma mesma composição sociocultural. A língua falada pelos vikings era a mesma, seu alfabeto também era o mesmo: o alfabeto rúnico.


Navios

Além de permitir que os vikings navegassem longas distâncias, seus navios dragão ( dracar) traziam vantagens tácticas em batalhas. Eles podiam realizar manobras eficientes de ataque e de fuga, nas quais atacavam rápida e inesperadamente, desaparecendo antes que uma contra-ofensiva pudesse ser lançada.


Museus vikings

Existe um famoso museu viking em Oslo, na Noruega, denominado Vikingskipshuset, e outro localizado em Dublin, construído em um dos castelos da cidade, chamado de Dublinia. Além disso, há um museu dedicado aos barcos vikings, o Vikingeskibsmuseet na Dinamarca


Os desembarques nórdico e normando

Em setembro de 1066, o rei escandinavo desembarcou com 5 mil compatriotas e consigo trouxe Tostig, o irmão exilado de Haroldo. Hardrada era conhecido por sua incrível ferocidade em combate e história na Guarda Varegue do Império Bizantino.


Stamford Bridge, a derradeira batalha

Nem Hardrada nem Tostig, nem qualquer outro escandinavo, esperava que os anglo-saxões tão cedo ali aparecessem.


Quem eram os Vikings?

Os vikings eram uma antiga população que habitava o território da Escandinávia, onde hoje se encontram a Suécia, a Dinamarca e a Noruega. Também conhecidos como viquingue, eram agricultores, exploradores, guerreiros, comerciantes e piratas nórdicos.


A Era Viking

O início da Era Viking ocorreu no ano de 790 e é marcado por pequenas invasões, o período assim denominado durou até o ano 1066 quando houve a conquista normanda da Inglaterra.


Como os Vikings acabaram?

Após tanto tempo de combates e derrotas, a resistência aos vikings começou a torna-se mais eficiente durante o século XI. Com isso findou-se a Era Viking e iniciou-se o declínio da cultura desses povos.


Características dos vikings

O geneticista evolucionário dinamarquês Eske Willerslev estudou a amostra de ossos de 442 esqueletos de 12 países diferentes, da Era Viking. Dessa maneira, o pesquisador foi capaz de extrair o DNA dos espécies e mapear algumas características.


Sociedade viking

Ao invés de um grupo étnico bem definido, os vikings era uma espécie de cultura para a qual você poderia se converter. Dessa maneira, os grupos eram formados por pessoas diferentes com origem diferentes, unidas por um conjunto de crenças e regras sociais. Algo parecido é percebido hoje em dia em religiões como o islamismo ou o cristianismo.


Guerreiros e piratas

O nome viking tem origem no nórdico antigo, víkingr. Esta palavra, por sua vez, tem origem em vik, ou porto. Sendo assim, o nome do povo representa uma profissão, aquele que realiza atividades no porto.


Expansão territorial viking

Ao fim do século VIII, o crescimento da população e a falta de terras obrigaram os vikings a partirem em busca de novas terras. A motivação, no entanto, é apenas parte da explicação.


Fim da Era Viking

O declínio da sociedade viking está associado ao fim das invasões promovidas por esses povos. Em 1066, o rei Haroldo Hardrada, da Noruega, perdeu a Batalha de Stamford Bridge na Inglaterra e marcou o fim das invasões.

image


Descrição geral


Sociedade

Os povos vikings, assim como tinham uma mesma organização política, também compartilhavam uma mesma composição sociocultural. A língua falada pelos vikings era a mesma, seu alfabeto também era o mesmo: o alfabeto rúnico. As sociedades estavam divididas, de um modo geral, da seguinte maneira: O rei estava no ápice da pirâmide; abaixo dele estavam os jarls, home…


Etimologia

Hoje, de um modo um tanto controverso, a palavra viking também é usada como um adjetivo que se refere aos escandinavos da época; a população escandinava medieval é denominada frequentemente pelo termo genérico “nórdicos”. A palavra wicinga ocorre pela primeira vez no poema anglo-saxónico Widsith do século X.
Os víquingues ou vikings não usavam a palavra viking para se referirem a si próprios. A rara oco…


Registros históricos

A terra natal dos vikings era a Noruega, Suécia e Dinamarca. Eles e seus descendentes se estabeleceram na maior parte da costa do mar Báltico, grande parte da Rússia continental, a Normandia na França, Inglaterra e também atacaram as costas de vários outros países europeus, como Portugal, Espanha, Itália e até a Sicília e partes da Palestina. Os vikings também chegaram à América antes da descoberta de Cristóvão Colombo, tendo empreendido uma tentativa fracassa…


Expansão

As diversas nações viking estabeleceram-se em várias zonas da Europa:
• Os dinamarqueses navegaram para o sul, em direção à Frísia, França e partes do sul da Inglaterra. Entre os anos 1013 e 1042, diversos reis vikings, como Canuto II da Dinamarca, chegaram mesmo a ocupar o trono inglês;
• Os suecos navegaram para o leste entrando na Rússia, onde Rurique fundou o primeiro estado russo, e pelos rios ao sul para o mar Negro, Constantinopla

As diversas nações viking estabeleceram-se em várias zonas da Europa:
• Os dinamarqueses navegaram para o sul, em direção à Frísia, França e partes do sul da Inglaterra. Entre os anos 1013 e 1042, diversos reis vikings, como Canuto II da Dinamarca, chegaram mesmo a ocupar o trono inglês;
• Os suecos navegaram para o leste entrando na Rússia, onde Rurique fundou o primeiro estado russo, e pelos rios ao sul para o mar Negro, Constantinopla e o Império …


A era viking

O período compreendido entre as primeiras invasões registradas na década de 790 até a conquista normanda da Inglaterra, em 1066, é conhecido como a era viking da história escandinava. Supõe-se que os ataques aos povos que vivem ao redor do mar Báltico tem uma história anterior. Eles são, porém, não bem conhecidos, devido à falta de fontes escritas a partir dessa área. Os normandos eram descendentes de vikings dinamarqueses e noruegueses a que foram dados suse…


Declínio

Após décadas de pilhagem, a resistência aos vikings tornou-se mais eficiente e, depois da introdução do cristianismo na Escandinávia, tornou a cultura viking mais moderada. As incursões vikings cessaram no fim do século XI. A consolidação dos três reinos escandinavos (Noruega, Dinamarca e Suécia) em substituição das nações viking em meados do século XI deve ter influenciado também o fim dos ataques, visto que com eles os vikings passaram também a sofr…


Navios

Além de permitir que os vikings navegassem longas distâncias, seus navios dragão (dracar) traziam vantagens tácticas em batalhas. Eles podiam realizar manobras eficientes de ataque e de fuga, nas quais atacavam rápida e inesperadamente, desaparecendo antes que uma contra-ofensiva pudesse ser lançada. Os Dracares podiam também navegar em águas rasas, permitindo que os vikings entrassem em terra através de rios.

Leave a Comment