Quando acabou a primeira guerra

image

Quando foi o fim da Primeira Guerra Mundial?

De início, porém, o 11 de novembro trouxe o fim da guerra que milhões de europeus tanto ansiavam. No entanto, isso não significou automaticamente o fim do sofrimento: privação, vicissitude e luto seguiram pesando sobre o povo, agravados pela sensação de ter lutado e sofrido em vão.

Quanto tempo durou a Primeira Guerra Mundial?

Somente os Estados Unidos não sofreu tantos impactos neste conflito, pois seu território estava intacto e sua indústria funcionava perfeitamente. O período anterior a Primeira Guerra Mundial foi conhecido como “Belle Époque” (Bela Época) e é considerada uma época de otimismo no futuro e relativa tranquilidade, que durou de 1871 até 1914.

Quais foram as fases da Primeira Guerra Mundial?

Fases da Primeira Guerra Utilizando a classificação do estudioso Luiz de Alencar Araripe, a Primeira Guerra Mundial pode ser dividida em duas grandes fases 1. A primeira fase ficou conhecida como Guerra de Movimento e aconteceu entre agosto e novembro de 1914. A segunda fase ficou conhecida como Guerra de Trincheiras e ocorreu entre 1915 e 1918.

Qual foi a importância do ano de 1917 para a Primeira Guerra Mundial?

Um exemplo são as batalhas de Verdun e Somme, em 1916, que deixaram respectivamente 770.000 e 1.200.000 vítimas mortais. Por isso, o ano de 1917 foi essencial para decidir o conflito. Neste ano, a Rússia se retira da guerra e os Estados Unidos chegam à Europa. A Primeira Guerra Mundial não ocorreu somente na Europa.

image


Em que ano terminou a Primeira Guerra?

11 de novembro de 1918O conflito durou quatro anos e começou em 28 de julho de 1914 e terminou em 11 de novembro de 1918, com a vitória da Tríplice Entente formada por França, Inglaterra e Estados Unidos. A Grande Guerra, como era denominada antes de acontecer a Segunda Guerra Mundial, foi um conflito em escala global.


Como foi que terminou a Primeira Guerra?

O fim da guerra veio em 1918, com vitória dos aliados da França e grande derrota da Alemanha. O ponto mais importante a se destacar quanto ao fim da guerra são as determinações do Tratado de Versalhes.


Qual o motivo que iniciou a Primeira Guerra Mundial?

Em julho de 1914, as tensões entre a Tríplice Entente (também conhecida por Aliados) e a Tríplice Aliança (também conhecida por Potências Centrais) inflamaram-se com o assassinato do arquiduque Franz Ferdinand, herdeiro do trono Austro-Húngaro, por um nacionalista sérvio bósnio, durante uma visita sua a Sarajevo.


Por que a guerra de 1914 a 1918 é chamada de mundial?

A Primeira Guerra Mundial foi um conflito armado que ocorreu entre 1914 e 1918 com as principais potências da Europa. O seu caráter mundial estava relacionado ao fato de os conflitos envolverem todas as grandes potências do mundo capitalista ocidental.


Quem perdeu na Primeira Guerra Mundial?

A “Grande Guerra” chegou ao fim em 1918, com vitória dos aliados da França e grande derrota da Alemanha. O ponto mais importante a se destacar quanto ao fim da guerra são as determinações do Tratado de Versalhes.


Em que ano foi a terceira guerra mundial?

Não são só as duas Coreias que até hoje nos recordam como o mundo em que vivemos ainda é muito ditado pelos acontecimentos de 1939-1945, essa guerra com que Hitler quis fazer da Alemanha a senhora da Europa, arrastando consigo a Itália de Mussolini, e na qual o Japão pretendeu também conquistar a Ásia, aproveitando a …


Quem lutou na Primeira Guerra Mundial?

O resultado foi a formação de dois blocos opostos:Tríplice Aliança: Alemanha, Áustria-Hungria e Itália. … Tríplice Entente: Inglaterra (ou melhor, Grã-Bretanha), França e Rússia. … Impérios Centrais: Alemanha, Áustria-Hungria, Turquia e Bulgária.More items…


Qual foi o país que ganhou a Segunda Guerra Mundial?

A Segunda Guerra Mundial chegou ao fim com a vitória dos Aliados sobre os Países do Eixo. As tropas soviéticas tiveram ação fundamental derrotando pela primeira vez o poderoso exército nazista, esmagando-o cada vez mais até atingir Berlim pelo lado Oriental.


Qual o número de mortos na Primeira Guerra Mundial?

Quando a poeira baixou, em 1918, a civilização ocidental ficou chocada com os números do conflito: foram quase 20 milhões de mortos e outros 20 milhões de feridos.


Qual foi a participação brasileira na Primeira Guerra Mundial?

O Brasil teve uma participação modesta na Primeira Guerra Mundial (1914-1918), já que não possuía grandes recursos bélicos. Assim sendo, o país limitou-se a fornecer apoio pontual, em colaboração nos combates aéreos e marítimos, bem como no auxílio aos feridos nos campos de batalha.


Quem foi que começou a Segunda Guerra Mundial?

A Alemanha iniciou a Segunda Guerra Mundial ao invadir a Polônia, no dia 1 de setembro de 1939. Nos anos seguintes, a Alemanha invadiu outros onze países. A maior parte dos judeus europeus vivia em países que a Alemanha viria a ocupar, ou influenciar, durante a segunda Guerra Mundial.


Por que os Estados Unidos da América entraram na guerra?

Foi em 1941, contudo, que os Estados Unidos entraram oficialmente na guerra, após a base naval de Pearl Harbor ter sido atacada por aviões japoneses.


Como se dá o fim da guerra?

O professor de Política Internacional do Instituto de Relações Internacionais e Defesa da UFRJ (Universidade Federal do Rio de Janeiro) Fernando Brancoli explica que, do ponto de vista histórico, as guerras terminam com a derrota de um dos lados, quando um dos exércitos não tem mais condição de continuar lutando.


Como terminou a guerra mundial?

Nos dias 6 e 9 de agosto de 1945, o lançamento de bombas atômicas contra as cidades de Hiroshima e Nagasaki determinou a morte de milhares de civis japoneses. Mediante tal ação, a Segunda Guerra Mundial chegava ao seu fim com a assinatura da rendição nipônica, em 2 de setembro de 1945.


Qual foi o evento que marcou o fim da guerra?

Há duas datas que marcam o fim da Segunda Guerra Mundial: 8 de maio de 1945, na Europa, pela queda da Alemanha Nazista; e 2 de setembro do mesmo ano, na Ásia, com a rendição do Japão após as bombas atômicas.


O que e correto afirmar sobre o fim da Primeira Guerra Mundial?

Sobre o fim da Primeira Guerra Mundial é correto afirmar que: A – Os países da Tríplice Aliança venceram o conflito e retomaram o controle de diversos territórios na Europa, Ásia e África. B – Embora derrotados, Alemanha e Império Austro-Húngaro não sofreram punições e restrições militares.


Ajuda do outro lado do Atlântico

Até meados de 1918, as tropas alemãs haviam avançado no front ocidental, ganhando muito terreno. No entanto, entre março e julho, o contingente se reduziu de 5,1 milhões para 4,2 milhões de militares. O Império Alemão conseguiu fechar suas lacunas até o verão, mas só remobilizando soldados feridos e de novo recuperados.


Morte em escala industrial

Até chegar à trégua de 11 de novembro, a Europa atravessara quatro anos de uma pavorosa carnificina e destruição jamais vista. Em sua viagem pela Bélgica e França, Erzberger registrou um quadro de desolação: “Nenhuma casa mais de pé, uma ruína se sucedia à outra.


Horrores do front

As vivências no front eram, inevitavelmente, aterrorizantes. “É horrível quando estilhaços de granadas penetram nos tecidos moles”, recordava-se o soldado alemão Karl Bainier, nascido em 1898. “Nossos dois comandantes também foram atingidos em cheio durante a noite. Um perdeu o tórax inteiro; o outro, o tronco todo. O do tronco morreu na hora.


Solo fértil para a próxima guerra

Enquanto as alas alemãs rareavam progressivamente, o comando supremo se eximia de qualquer responsabilidade. Em 19 de setembro de 1918, o general Erich Ludendorff escreveu: “Pedi à Sua Majestade para colocar no governo também aqueles círculos a que principalmente devemos a situação em que estamos.


Causas

As causas da Primeira Guerra Mundial são extremamente complexas e envolvem uma série de acontecimentos não resolvidos que se arrastavam desde o século XIX: rivalidades econômicas, tensões nacionalistas, alianças militares etc.


Países envolvidos

Como mencionado no texto, os dois grupos que lutaram entre si na Primeira Guerra Mundial ficaram conhecidos como Tríplice Aliança (as principais forças eram a Alemanha, Áustria-Hungria, Império Otomano e Itália) e Tríplice Entente (as principais forças eram a Rússia, Grã-Bretanha e França).


Onde ocorreu a Primeira Guerra Mundial?

Os combates da Primeira Guerra Mundial, em sua maioria, aconteceram no continente europeu. Na Europa, destacaram-se a Frente Ocidental, em que os alemães lutaram contra franceses e britânicos, e a Frente Oriental, em que os alemães lutaram contra sérvios e russos.


Fases da Primeira Guerra

Utilizando a classificação do estudioso Luiz de Alencar Araripe, a Primeira Guerra Mundial pode ser dividida em duas grandes fases 1. A primeira fase ficou conhecida como Guerra de Movimento e aconteceu entre agosto e novembro de 1914. A segunda fase ficou conhecida como Guerra de Trincheiras e ocorreu entre 1915 e 1918.


Consequências

Como consequência do armistício e da derrota alemã, foi assinado em junho de 1919 o Tratado de Versalhes. A assinatura desse tratado aconteceu exatamente no mesmo local onde os franceses haviam ratificado sua derrota em 1871. Dessa vez, os derrotados eram os alemães, que assinavam um tratado que impunha termos duríssimos à Alemanha.


Segunda Guerra Mundial

Os termos que os franceses e britânicos impuseram à Alemanha foram encarados pelos historiadores como paz punitiva. O objetivo era enfraquecer a Alemanha de tal maneira que outra guerra da magnitude da Primeira Guerra Mundial não acontecesse.


Resumo

A Primeira Guerra Mundial foi um conflito que aconteceu entre 1914 e 1918, e os principais cenários de guerra ocorreram no continente europeu. Foi resultado de inúmeros fatores, como a rivalidade econômica, ressentimentos por acontecimentos passados e questões nacionalistas.


Contexto Histórico

O período anterior a Primeira Guerra Mundial foi conhecido como “Belle Époque” (Bela Época) e é considerada uma época de otimismo no futuro e relativa tranquilidade, que durou de 1871 até 1914.


Causas da Primeira Guerra Mundial

Apesar do progresso material, da industrialização e do crescimento das cidades, os países europeus investiam pesadamente em armamentos. Por isso, este período antes da guerra também é chamado de Paz Armada.


Início da Primeira Guerra Mundial

Em 28 de junho de 1914, o herdeiro ao trono austro-húngaro, arquiduque Francisco Ferdinando e sua esposa Sofia, foram assassinados por Gavrilo Princip (1894-1918), nacionalista sérvio.


Fim da Primeira Guerra Mundial

Com o reforço dos Estados Unidos e o esgotamento dos recursos, a Alemanha não tinha mais condição de seguir lutando. Sem apoio da população e empobrecida pela guerra, explode a Revolução Alemã, que resulta na abdicação do Imperador Willhem II e a Alemanha passa a ser uma república parlamentar, a República de Weimar.


Imperialismo Europeu

Para se compreender a Primeira Guerra Mundial, é necessário saber que, desde a segunda metade do século XIX, nações europeias como França, Alemanha, Inglaterra, Rússia e Itália, assim como outras fora do continente europeu – como Estados Unidos e Japão –, tinham projetos imperialistas. Mas o que isso significa?


Nacionalismo e Formação da Tríplice Aliança e Tríplice Entente

Associada à busca por expansão territorial estavam também as ideologias nacionalistas. Havia dois segmentos nacionalistas principais às vésperas da Primeira Guerra: o pan-eslavismo e o pangermanismo. O primeiro dizia respeito à tentativa de formação de um grande bloco político nacionalista eslavo, encabeçado pelo Império Russo.


A questão balcânica e o assassinato de Francisco Ferdinando

Cada potência nacionalista buscava impor-se sobre as demais valendo-se de seus traços culturais. Assim, a Alemanha, por exemplo, buscava uma integração cultural com a Áustria-Hungria, que, por sua vez, tinha interesse político na região dos Bálcãs. Acontece que a região dos Bálcãs era habitada também por pessoas de origem eslava e muçulmana.


Desenvolvimento da guerra

A Alemanha mostrou com veemência a força de seu moderno exército. O desencadeamento das ações militares germânicas começou com o Plano von Schilieffen. O exército alemão, seguindo esse plano, marchou em direção à França, invadindo o território belga, que estava neutro.


Anos finais e o Tratado de Versalhes

A Rússia saiu da guerra em 1917, com um exército debilitado e economia abalada por conta dos gastos nas campanhas militares.


Prelúdio

Voldemort nasceu Tom Servoleo Riddle, que começou sua busca pela dominação, enquanto ele era um estudante na Escola de Magia e Bruxaria de Hogwarts em 1943.


Imersão nas Artes das Trevas

Para as próximas duas décadas após sua formação, Riddle, agora conhecido como Lord Voldemort viajou, nomeadamente à Albânia. Ele estudou as Artes das Trevas extensivamente e passou por várias transformações que o tornaram mais poderoso e menos humano.


Guerra

Por volta de 1970, Voldemort tinha formado a organizado os Comensal da Morte e proclamou-se o novo Lorde das Trevas. Com este exército e suas Horcruxes, ele planejou uma revolução contra o Ministério da Magia.


Fim da guerra

O corpo do Lorde das Trevas foi destruído, deixando para trás apenas a sua alma mutilada, que fugiu do prédio para se esconder.


Pós-guerra

Embora a guerra acabou com a derrota de Lord Voldemort, alguns Comensais da Morte ainda estavam livres para causar problemas, levando o Ministério, liderado por Bartô Crouch Sr., a lançar uma repressão maciça aos Comensais da Morte e seus atos de terrorismo contra o mundo bruxo.

image

Leave a Comment